Últimas Notícias

Legado das Águas recria Mata Atlântica no tradicional festival de bicicleta, em São Paulo






Reserva levará 10 espécies de plantas nativas para decorar a arena de palestras, além de apresentar sua nova rota de mountain bike e outras atrações de ecoturismo

Legado das Águas recria Mata Atlântica no tradicional festival de bicicleta, em São Paulo
Legado das Águas recria Mata Atlântica no tradicional festival de bicicleta, em São Paulo

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do País, participa de 22 a 25 de agosto do Shimano Fest, no Memorial da América Latina (São Paulo), recriando uma paisagem de mata nativa conservada em um dos principais eventos de bike do setor.
Com um estande para mostrar as opções de ecoturismo oferecidas, em especial as atividades de bicicleta, o Legado também será responsável pela ambientação da Arena Mobilidade & Sustentabilidade by Eureka, levando 30 plantas de 10 espécies típicas da Mata Atlântica, além de integrar a programação do local.
No dia 25, às 12h, o gestor de Uso Público, Ecoturismo e Esportes do Legado da Reserva, William Mendes, comanda uma palestra sobre a rota de aventura de bike do Legado das Águas, inaugurada em maio, durante workshop que contou com a presença de representante da Shimano.
“É uma ótima oportunidade participar de um evento tão relevante. Apresentaremos os atrativos de ecoturismo do Legado das Águas, com destaque para as atividades demountain bike. A rota de aventura permite aos turistas o contato com trechos de mata nativa conservada, com respeito à natureza e total segurança. Eles também podem aproveitar para conhecer o Viveiro, o Orquidário e as trilhas, entre outras atrações. Desde a inauguração tivemos muita procura de ciclistas e profissionais com muitas atividades direcionadas a esse público”, afirma Mendes.
O Shimano Fest chega à 10ª edição como referência para o mercado. Nos dois primeiros dias, estará aberto exclusivamente aos profissionais da área. Já nos dias 24 e 25, o festival abre para visitação do público. A entrada é gratuita e os organizadores pedem a colaboração dos visitantes com um quilo de alimento não perecível, que será doada a associações assistenciais. Mais informações em http://shimanofest.com.br/
Pedal no Legado
A mais nova rota de mountain bike do Legado das Águas tem cerca de 40 quilômetros em meio à floresta, passando por locais com visuais deslumbrantes, típicos de mata em alto grau de conservação. 

O percurso é intenso, contemplativo e percorre trajetos com ganho de elevação com aproximadamente 2 mil metros em estrada de terra e chão batido. Devido à altimetria elevada, é um pedal indicado para entusiastas do segmento que buscam novos desafios para superação, sendo classificado como percurso de nível médio/intermediário de dificuldade.

Os interessados podem percorrer o itinerário de terça a domingo e nos feriados, das 7h às 17h, sendo permitida a entrada até às 13h. Basta chegar à base da reserva através da Portaria da Fumaça, em Miracatu/SP, via Régis Bitencourt (km 348 sentido Curitiba) ou Portaria do Porto Raso, em Tapiraí/SP, via SP 79, para quem vem da Região Metropolitana de Sorocaba.

A taxa de visitação é de R$30 e, além do pedal, inclui atividades autoguiadas como caminhada, observação de aves, Trilha Poço do Cambuci; Trilha da Figueira (acessível); e Visita ao Viveiro de Plantas Nativas. O ingresso pode ser comprado em loja.legadodasaguas.com.br ou diretamente na base do Legado.

Para grupos com mais de 10 pessoas é obrigatório o agendamento prévio pelo e-mail contato@legadodasaguas.com.br. Mais informações em https://legadodasaguas.com.br/

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas.

Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.