Últimas Notícias

Bosque Municipal passou mais um período de férias sem funcionamento






O Bosque Municipal Torazo Okamoto continua fechado para visitação e o vereador Vander Lopes (PSC), está pedindo novamente para que a administração municipal volte as suas atenções para reabertura do bosque.

Bosque Municipal passou mais um período de férias sem funcionamento
Bosque Municipal passou mais um período de férias sem funcionamento

Nos últimos dias, moradores do bairro procuraram o parlamentar questionando a demora na reabertura do tradicional espaço de lazer em Registro, sendo que mais um período de férias se passou e o local não foi reaberto.
“Esse lugar é bonito. Eu mesmo vinha caminhar aqui há um tempo, mas ele foi esquecido”, diz o vereador Vander Lopes (PSC), que nesta segunda-feira esteve no bosque. “O local era muito frequentado, mas agora está abandonado. A população reclama que a Prefeitura, responsável pelo bosque, não dá o devido valor ao ambiente, que poderia ser melhor administrado”, concluiu.
revitalização do Bosque Municipal custou R$ R$ 385 mil que foram investidos na implantação de rotas e rampas acessíveis, iluminação, melhorias nas áreas de lazer, reformas dos sanitários, da casa das oficinas, centro de visitantes e mini palco. A obra começou a ser feita em abril de 2018, com previsão de conclusão para o mês de julho do mesmo ano. Segundo a prefeitura a obra foi concluída no mês de outubro de 2018, mas que ainda são necessárias algumas melhorias no local, enquanto isso o Bosque Municipal permanecerá interditado para evitar incidentes.
Para o vereador Vander, embora a obra de revitalização tenha sido concluída a quase um ano, a Prefeitura não consegue entregar a obra, “com o tempo, parte do que foi construído acaba se destruindo. Muitas vezes, além do dinheiro que já foi gasto, vai ser necessário gastar ainda mais do dinheiro público para reformar um prédio que nem chegou a ser inaugurado” afirmou.
Segundo Francisco Xavier, morador vizinho ao bosque, alguns anos atrás o local era bem diferente, o espaço era utilizado para atividades físicas e educação. “Foi um tempo muito bacana, pois os jovens tinham um espaço verde dentro da cidade, onde desenvolviam atividades educacionais, ambientais e atividades físicas”, lembrou.
O parlamentar encaminhará um pedido via requerimento para que a Prefeitura tome providências urgentes. A administração municipal tem 15 dias para responder aos questionamentos do vereador.