Últimas Notícias

Suspeito do crime de Itapevi do caso "Yuri" se apresenta a DIG , é preso em Registro-SP








Suspeito do crime de Itapevi do caso “Yuri” se apresenta a  Delegacia Seccional de Polícia de Registro-SP e confessa o crime.

Suspeito do crime de Itapevi do caso "Yuri" é preso em Registro-SP
Suspeito do crime de Itapevi do caso "Yuri" é preso em Registro-SP

 L.C.S, teria se apresentado à Polícia Civil como sendo autor de um crime de homicídio, ocorrido em data recente na cidade de Itapevi, figurando como vítima o adolescente Yuri Ruan.

O  corpo do adolescente Yuri, de 13 anos, desaparecido desde a última quinta-feira, (18/07), quando saiu para soltar pipas próximo a sua residência, foi encontrado no início da tarde desta segunda-feira, (22/07), em um uma estrada de terra de difícil acesso na periferia de Itapevi. 

Segundo a PM, o corpo foi reconhecido pelo tio que se deslocou até o local após ser acionado pelos militares.

O boletim de ocorrência foi elaborado pela DIG ( Delegacia de Investigações Gerais ) de Registro-SP na região do Vale do Ribeira (SP). 


Suspeito do crime de Itapevi do caso "Yuri" é preso em Registro-SP
Suspeito do crime de Itapevi do caso "Yuri" é preso em Registro-SP

Inicialmente, os policiais efetuaram as pesquisas dos antecedentes criminais do investigado, porém, não constou mandado de prisão em aberto, encontrando-se o mesmo com a situação criminal "OK" e como egresso do sistema penitenciário desde 23/07/2009.

Ato contínuo, os policiais efetuaram contato telefônico com policiais da Delegacia de Polícia de Itapevi, fornecendo o nome do investigado, oportunidade em que foram informados de que havia o mandado de prisão temporária pelo prazo de 30 dias, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Itapevi, nos autos do processo nº 1504767-09.2019.8.26.0271, cuja cópia foi remetida para esta Unidade Especializada para cumprimento.

O preso foi então submetido a exame de corpo de delito - Lesão Corporal, e em seguida prontamente encaminhado à Cadeia Pública de Registro-SP onde permanecerá à disposição da Justiça e da Autoridade Policial da cidade de Itapevi que preside as investigações.

Tendo em vista que o crime, em tese, praticado pelo investigado teve grande repercussão na imprensa, foram efetuadas as comunicações pertinentes ao escalão superior através do Cecom da Delegacia Seccional de Polícia de Registro-SP.

Efetuadas também as comunicações necessárias aos Juízos de Direito das Comarcas de Registro-SP e de Itapevi.