Últimas Notícias

Cônsul honorário da Costa do Marfim visita ACIAR e fala sobre parcerias

Fluente no português e formado em Agronomia no Brasil, o cônsul honorário da Costa do Marfim, Tibe Bi Goe Blaise, visitou Registro-SP na quarta-feira, 24 de julho, com o objetivo de estimular parcerias e negócios visando o desenvolvimento de seu país.







Fluente no português e formado em Agronomia no Brasil, o cônsul honorário da Costa do Marfim, Tibe Bi Goe Blaise, visitou Registro-SP na quarta-feira, 24 de julho, com o objetivo de estimular parcerias e negócios visando o desenvolvimento de seu país. Blaise fez parte de uma missão coordenada por Adier Pires, do PSL de Registro, que teve também participação do deputado estadual Paulo Nishikawa, além de empresários que tem negócios com o país africano. “O presidente Jair (Bolsonaro) quer abrir o país para os principais países do mundo, sem viés ideológico”, falou Adier na abertura da reunião realizada na ACIAR.

Cônsul honorário da Costa do Marfim  visita ACIAR e fala sobre parcerias
Cônsul honorário da Costa do Marfim  visita ACIAR e fala sobre parcerias

A comitiva foi recebida pelo presidente da ACIAR, Daniel Muniz de Paulo, e pelos diretores João Del Bianco Neto, Hélio Borges Ribeiro e Mauro César. Antes da visita à ACIAR, o cônsul se reuniu com bananicultores na ABAVAR e ficou impressionado com a tecnologia utilizada na bananicultura. “Vocês são Pelés em banana”, disse Blaise, afirmando que em seu país o cultivo é totalmente manual e não se tem conhecimento sobre correção da acidez do solo, além da produtividade por hectare ser de 10 toneladas, enquanto no Vale do Ribeira é de 50 toneladas. “Trabalhamos, ainda, com enxada e facão e não temos tratores”, revelou.

Blaise considerou que o Brasil pode se tornar o mais importante parceiro comercial do continente africano. “O que o Brasil produz é suficiente para alimentar o Brasil e África”, revelou. “A África é a noiva que está toda arrumada, no altar. Nós estamos vindo em busca do noivo”, comparou o cônsul.

O empresário Davi Brito Cerqueira, da Daron do Brasil, também esteve em Registro. Ele comercializa equipamentos e aparelhos auditivos, e contou que está montando um braço de sua empresa na Costa do Marfim. Ele recebeu cinco anos de isenção e acredita muito no potencial do país onde instalará sua empresa.

Ao final da reunião, que também teve participação do vereador Marcelo Comeron, o presidente da ACIAR agradeceu aos presentes e também pediu investimentos no Vale do Ribeira, desejando que a parceria entre o Brasil e a África se torne realidade. O vereador Marcelo Comeron e a gerente da ACIAR, Valda Arruda, também participaram da reunião.