Últimas Notícias

Pessoas com deficiência realizam ato público em defesa do cumprimento da gratuidade no transporte coletivo






Um grupo de mais de 20 pessoas (entre pessoas com deficiência e apoiadores da causa) realizam ato público na tarde ontem (27/06/2019) exigindo o cumprimento da gratuidade no transporte coletivo.

Pessoas com deficiência realizam ato público em defesa do cumprimento da gratuidade no transporte coletivo
Pessoas com deficiência realizam ato público em defesa do cumprimento da gratuidade no transporte coletivo

O grupo de munícipes tomou ônibus na Praça Beira Rio e seguiu até a proximidade da Prefeitura Municipal, trajeto no qual dialogou e apresentou a situação para aqueles que estavam nos abrigos e dentro dos ônibus. Dentre as reivindicações estão: o cumprimento integral do TAC assinado em 2010 que garante a gratuidade do transporte coletivo para as pessoas com deficiência, o respeito e humanização do atendimento à pessoa com deficiência e o apoio ao Projeto de Lei apresentado pela vereadora Sandra Kennedy, para garantir a gratuidade às pessoas com deficiência.

Pessoas com deficiência realizam ato público em defesa do cumprimento da gratuidade no transporte coletivo
Pessoas com deficiência realizam ato público em defesa do cumprimento da gratuidade no transporte coletivo

Desde o início do ano, as pessoas com deficiência não estão tendo suas “carteirinhas” renovadas. A renovação é prevista num TAC assinado entre a empresa de transporte, a Prefeitura de Registro e o Ministério Público. As pessoas com deficiência já estiveram na Defensoria Pública, em audiência realizada em conjunto com o mandato da vereadora Sandra Kennedy e entraram individual e coletivamente com ações judiciais para o cumprimento do direito à gratuidade no transporte coletivo.

Após realizaram o ato público durante o trajeto e nos abrigos dos ônibus, o grupo foi ao Paço Municipal e exigiu audiência com o Prefeito ou um representante. Os munícipes foram recebidos pelo Secretário de Administração em exercício, Luiz Augusto, para o qual apresentaram as reivindicações e exigiram o apoio do Poder Executivo para que se garanta, com urgência, o direito das pessoas com deficiência.

Segundo uma das participantes, “é nosso direito ter gratuidade no transporte coletivo e, ao mesmo tempo, respeito e dignidade no atendimento dos profissionais da empresa, com a humanização necessária. Esperamos que a Prefeitura atue na resolução deste problema que já leva 6 meses nos causando sérios problemas”, afirmou Adriana Antunes de Souza, mãe de uma criança com deficiência.

Além das pessoas com deficiência estiveram presentes o Conselheiro Municipal de Saúde, Eurico Gonçalves e o Mandato da Vereadora Sandra Kennedy, representado pelo Prof. Jefferson Pécori