Últimas Notícias

Mal tempo adia primeira sessão da Câmara Itinerante

Devido ao mal tempo, com muita chuva e frio, a primeira sessão da Câmara Itinerante que estava marcada para acontecer no último dia 30 de maio, no balneário Araçá, foi suspensa.




" style="line-height: 150%; text-align: justify;">

Devido ao mal tempo, com muita chuva e frio, a primeira sessão da Câmara Itinerante que estava marcada para acontecer no último dia 30 de maio, no balneário Araçá, foi suspensa. 
Mal tempo adia primeira sessão da Câmara Itinerante
Mal tempo adia primeira sessão da Câmara Itinerante
A nova data deve ser anunciada em breve pelo presidente da Câmara, o vereador Fabiano Pereira, responsável pela coordenação do programa. “Vamos nos reunir com os demais vereadores para encontrar um consenso em relação a melhor data para essa primeira sessão da Câmara Itinerante, que será no mesmo local”, esclareceu Fabiano.

O programa Câmara Itinerante faz parte de um conjunto de ações que estão sendo desenvolvidas pelo legislativo ilhacompridense, a fim de promover a modernização e a integração do parlamento com os munícipes.

A idéia fundamental é romper barreiras e aproximar os nossos parlamentares da sociedade, já que o cidadão desconhece, na maioria das vezes, a realidade dos trabalhos desenvolvidos dentro e fora do plenário.

A participação direta, através de perguntas e argumentações, é restrita aos moradores da região onde cada sessão itinerante acontecer. No Araçá por exemplo, apenas os moradores do balneário e dos bairros adjacentes, como a Ponta da Praia, poderão se inscrever previamente para falar ou questionar os vereadores sobre os assuntos de interesse daquela comunidade, dentro de um tempo pré-determinado, de modo respeitoso, sem ofensas e sem acusações. “Precisamos entender que quem mora mais próximo ao centro da cidade tem facilidade para ir até a Câmara e inclusive acompanhar a as Sessões Ordinárias que acontecem todas as terças feiras, por isso a ideia da Câmara de oportunizar essa interação aos moradores dos locais mais distantes”, explicou o presidente.