Últimas Notícias

LEGISLATIVO DE JACUPIRANGA INSTALA CPI SOBRE TRANSPORTE PÚBLICO








Protocolada na última sessão da Câmara Municipal de Jacupiranga a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as recentes contratações realizadas pelo executivo sobre transporte público. 
LEGISLATIVO DE JACUPIRANGA INSTALA CPI SOBRE TRANSPORTE PÚBLICO
O vereador Kleber Carravieri (ao centro) é autor do requerimento que solicitou a instalação da CPI no município.

Um dos contratos firmado recentemente, chamou a atenção pelas inúmeras reclamações da população, principalmente via redes sociais, sobre a qualidade da execução do serviço. 

O requerimento para instauração da CPI é do vereador Kleber Carravieri, que contou com o apoio de outros três vereadores: Emiliano Vigneron, Cláudio Lázaro e Zeto do Guaraú. Na mesma sessão da Câmara houve sorteio para escolha dos três membros da comissão, ficando composta por João “Poca Banha”, Emiliano Vigenron (Presidente)e Kleber Carravieri (Ralator). Os trabalhos terão andamento a partir de agora com essa composição.

Kleber Carravieri explica que nas respostas do executivo quanto às questões que envolvem o processo licitatório não fica claro uma série de questões, como por exemplo como será feito o repasse e a fiscalização dos valores arrecadados pela empresa com as passagens. “Jacupiranga não possui uma lei de concessão de transporte público. 

Até hoje esse trabalho foi realizado por empresas privadas. Nesse caso atual, rege um contrato de aproximadamente R$ 1 milhão/ano com aluguéis de veículos e não está determinado de fato como será feita a contrapartida pela empresa, nem mesmo a fiscalização da qualidade do serviço prestado”, disse o vereador, ressaltando ainda que “a CPI é uma ferramenta que o legislativo possui para exercer de forma abrangente sua função maior que é o de fiscalizar o Poder Executivo. 

Não estamos afirmando com isso que de fato há irregularidades mas, que é necessário maior transparência nesse processo para podermos dar uma reposta mais clara à população”.