Últimas Notícias

Estátua da Liberdade terá controle de visitas para evitar o excesso de turistas







Cartão postal dos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade é a mais recente atração turística a adotar medidas para controlar o acesso de turistas, para evitar a superlotação. A partir de 16 de maio, o Serviço Nacional de Parques norte-americano proibirá grupos com guias ao monumento que fica na Liberty Island, bem como ao Museu Nacional de Imigração de Ellis Island, ambos em Nova York
Estátua da Liberdade terá controle de visitas para evitar o excesso de turistas
(imagem Pixabay)

"As visitas guiadas comerciais aumentam o congestionamento nessas áreas identificadas, impedem o livre fluxo de pessoas e impactam os programas públicos e a experiência do visitante", disse Jerry Willis, porta-voz do National Park Service, em comunicado. "As restrições foram postas em prática como uma resposta necessária para o aumento de 600% nas visitas guiadas nos últimos 10 anos. Esse aumento maciço resultou na necessidade de aliviar a superlotação crescente e os conflitos com operações do Serviço Nacional de Parques."

A Associação de Guias da Cidade de Nova York divulgou uma nota dizendo que "condena veementemente" as restrições, e alega que a ação resultará em perda de empregos e "impactará negativamente a experiência do visitante".

No mesmo dia em que as novas regras entram em vigor, será inaugurado um museu de 26 mil metros quadrados, próximo à estátua, em Liberty Island. De acordo com as informações do site oficial do monumento, o espaço "permitirá que mais milhões de visitantes aproveitem a experiência da Estátua da Liberdade". O acervo abrigará a tocha original da Estátua, que não é exibida publicamente desde os anos 1980.

A Estátua da Liberdade recebe mais de 4,3 milhões de visitantes por ano, enquanto o Museu de Imigração recebe mais de 3 milhões, de acordo com dados divulgados pela fundação The Statue of Liberty – Ellis Island.

Além de ser

A Associação de Guias da Cidade de Nova York divulgou uma nota dizendo que "condena veementemente" as restrições, e alega que a ação resultará em perda de empregos e "impactará negativamente a experiência do visitante".

No mesmo dia em que as novas regras entram em vigor, será inaugurado um museu de 26 mil metros quadrados, próximo à estátua, em Liberty Island. De acordo com as informações do site oficial do monumento, o espaço "permitirá que mais milhões de visitantes aproveitem a experiência da Estátua da Liberdade". O acervo abrigará a tocha original da Estátua, que não é exibida publicamente desde os anos 1980.

A Estátua da Liberdade recebe mais de 4,3 milhões de visitantes por ano, enquanto o Museu de Imigração recebe mais de 3 milhões, de acordo com dados divulgados pela fundação The Statue of Liberty – Ellis Island.

Além de ser
um dos símbolos mais emblemáticosdos Estados Unidos e do mundo, a Estátua da Liberdade foi incluída na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, em 1984.