Últimas Notícias

Ações em Registro-SP marcam o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é 18 de Maio e, na sexta-feira, 17, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, através do Centro de Referência Especializado (CREAS)







O Dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é 18 de Maio e, na sexta-feira, 17, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, através do  Centro de Referência Especializado (CREAS),  em parceria com a Comissão permanente de enfrentamento à violação dos direitos da criança e do adolescente, vinculada ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e apoio da Secretaria Municipal de Cultura, realizou uma série de ações de conscientização e sensibilização sobre o tema.

Ações em Registro-SP marcam o Dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes
Ações em Registro-SP marcam o Dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

As atividades lúdicas educativas aconteceram na Praça Ceu e envolveram os profissionais da Assistência, crianças, adolescentes e familiares do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), numa profunda reflexão sobre prevenção, enfrentamento, combate e denúncias. Teve também dança, brincadeiras, capoeira, pipoca e algodão doce para todos.

Ações em Registro-SP marcam o Dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes
Ações em Registro-SP marcam o Dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

No Dia “D” em Registro-SP foram distribuídos botons e flores amarelas em E.V.A. para simbolizar a data. A chuva obrigou a organização a cancelar a caminhada que estava programada.

Abuso é crime, deixa marcas para a vida toda e todos nós somos responsáveis por quebrar o silêncio e mudar essa realidade. Fique atento aos possíveis sinais.

Viu lesões pouco comuns? Denuncie, ligue 156, 100 ou procure o Conselho Tutelar.