Últimas Notícias

Ação Conjunta das Policias, Civil, Militar e Ambiental resultaram na prisão do estuprador da Idosa em Registro-SP

Ação em conjunta da Policias, as investigações da Policia Civil da Dig, e as diligências da Policia Ambiental e Policia Militar, resultaram na prisão do estuprador da idosa de 80 anos em Registro-SP.








Ação em conjunta da Policias,  as investigações da Policia Civil da Dig, e as diligências da Policia Ambiental  e Policia Militar, resultaram na prisão do estuprador da idosa de 80 anos em Registro-SP.
Ação Conjunta das Policias, Civil ,Militar e Ambiental resultaram na prisão do estuprador da Idosa em Registro-SP
Ação Conjunta das Policias, Civil ,Militar e Ambiental resultaram na prisão do estuprador da Idosa em Registro-SP

Em uma ação 
conjunta das policias, nesta quarta-feira (03/04), prendeu Claudevan Justino Santos, que estuprou e tentou matar idosa de 80 anos, no bairro Taquaruçu, em Registro-SP na região do Vale do Ribeira (SP).

O Flagrante foi lavrado na Delegacia de Investigações Gerais de Registro-SP (DIG).


A idosa com diversos ferimentos e fraturas no corpo, nas adjacências de sua casa, ao ser socorrida, os médicos da UPA (Unidade de Pronto Atendimento de Registro-SP), constataram que a vitima além de ter sido violentamente agredida, teria sofrido violência sexual consistente em conjunção carnal e em razão da gravidade dos ferimentos e por correr risco de morte foi encaminhada a UTI do Hospital Regional da cidade de Pariquera-Açu-SP, logo após a notícia do crime ter sido apresentada, policiais militares, policiais ambientais e policiais civis passaram a promover diligências e foram obtidos veementes indícios de autoria em face de Claudevan Justino Santos, o qual teria sido visto correndo, há poucos metros, saindo da direção da casa da vitima.




Claudevan passou então a ser insistentemente procurado e, em um primeiro momento, conseguiu escapar da ação policial e ingressou numa área de mato.



Foi efetuado cerco na mata pela policia militar ambiental e concomitantemente policiais civis localizaram testemunhas com informações revelantes sobre o crime corroborando  que o autor seria  Claudevan Justino Santos.



Após estratégia utilizada pelos policiais com retirada de parte do efetivo, e acreditando que não havia mais ninguém ao seu encalço, o investigado passou a caminhar na área de mata em direção aos policiais ambientais os quais lhe deram voz de prisão e o apresentaram na Policia Civil.



A autoridade policial ratificou a voz de prisão e determinou a lavradura do competente auto de prisão em flagrante bem como as comunicações ao E. Juízo de Direito, a Promotoria de Justiça, a Defensoria Pública e ao familiar eventualmente indicado pelo preso.



Expedidas as requisições para os exames periciais necessários a comprovação da materialidade dos crimes.



Ao término dos atos de policia judiciária, em razão do adiantado da hora, o preso foi encaminhado a cadeia pública de Jacupiranga, destinado aos presos por crimes contra a dignidade sexual e amanhã será apresentado ao Juízo de Direito de uma das varas da Comarca de Registro-SP para audiência de custódia.