Últimas Notícias

Perda de dentes na população adulta






Pesquisa do IBGE aponta que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente e 41,5%, acima dos 60 anos já perderam todos 

Perda de dentes na população adulta
Perda de dentes na população adulta


Quem nunca teve medo de perder um dente? As consequências são muitas, dentre elas, a aparência fica pior, conseguir emprego fica mais difícil, o namoro e até mesmo o casamento podem acabar, o tom de voz fica diferente, a autoestima fica abalada e o convívio no dia a dia torna-se um problema. A perda de dentes é o segundo fator que mais prejudica a qualidade de vida de pessoas entre 45 e 70 anos, segundo dados de pesquisa que ouviu 600 latino-americanos, entre eles 151 brasileiros. O estudo “Percepções Latino-americanas sobre Perda de Dentes e Autoconfiança”, feito pela Edelman Insights, enfatiza ainda que, para 32% dos entrevistados, a perda de dentes os impede de ter um estilo de vida saudável e produtivo.

No Brasil, de acordo com dados do IBGE e Ibope, cerca de 39 milhões de pessoas usam próteses dentárias, sendo que uma em cada cinco delas tem entre 25 e 44 anos de idade. A pesquisa destaca também que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente e 41,5% das pessoas com mais de 60 anos já perderam todos.

De acordo com o oral designer, Telmo Santos, a ida regularmente ao dentista é de extrema importância, principalmente para evitar a perda dos dentes. E se isso ocorrer, a odontologia dispõe de diversos tratamentos para sanar esse problema. “Temos uma grande procura na área da implantodontia, que a cada dia apresenta novos produtos de excelentes qualidades, permitindo tratamentos menos evasivos e com mais precisão”, diz.
De um modo geral, a cirurgia de implante dental pode ser definida como um procedimento de colocação de parafusos cirúrgicos de titânio no interior da estrutura óssea da boca do paciente, e essa estrutura irá substituir a raiz original. “Indicado para pessoas que perderam de um, mais ou todos os dentes, seja por algum tipo de doença na boca ou um acidente, o procedimento pode contribuir consideravelmente para a saúde e a estética das pessoas”, explica Telmo Santos.