Últimas Notícias

Novos empreendedores, nova rede de apoio

Em 2018, um em cada três brasileiros afirmou que sonha em ter negócio próprio e mais da metade não considera o “medo de fracassar” um impeditivo forte suficiente para iniciar jornada no mundo do empreendedorismo.






Em 2018, um em cada três brasileiros afirmou que sonha em ter negócio próprio e mais da metade não considera o “medo de fracassar” um impeditivo forte suficiente para iniciar jornada no mundo do empreendedorismo. 

Novos empreendedores, nova rede de apoio
Tirso Meirelles, Novos empreendedores, nova rede de apoio


Esses dados ajudam a explicar o registro de 52 milhões de brasileiros, entre 18 e 64 anos, envolvidos na criação e consolidação de um empreendimento no ano passado.

As outras boas notícias identificadas na pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) foram que deste total, 62% estavam à frente de um negócio que surgiu da identificação de uma oportunidade e a taxa de empreendedores estabelecidos superou a de empreendedores iniciais, demonstrando que, em sua maioria, os empreendedores são realmente vocacionados e atuaram para consolidar os negócios criados até 42 meses antes.

A edição atual do estudo global, realizado em 49 países, mostra o salto quantitativo e qualitativo que o empreendedorismo deu no Brasil. Em 10 anos, o Brasil passou de 3,4 milhões de pequenos negócios formais para 15,4 milhões de empreendimentos, ou seja, incremento de 450%. Desse total, cerca de 30% está no Estado de São Paulo.

A pesquisa revela também o outro lado da moeda: a baixa competitividade dos negócios que vem sendo criados. Cerca de 70% possui um número de concorrentes expressivo e trabalha com produtos e serviços bem conhecidos pelo consumidor, ou seja, sem nenhum diferencial. E apenas 2% qualificam a tecnologia utilizada na gestão e produção como inovadora.

Para que o sonho do brasileiro não se transforme em pesadelo e os pequenos negócios criados sejam realmente competitivos, o Sebrae-SP vai continuar trabalhando para levar orientação, capacitação em gestão, inovação, acesso a novos mercados e financiamento.

Focados no novo perfil do empreendedor brasileiro, neste ano vamos atender mais de 1,2 milhão de clientes e realizar cerca de 400 mil atendimentos de alto impacto – aqueles que agregam inovação no processo, produto ou gestão do empreendimento.
No quesito ambiente empreendedor, continuaremos investindo fortemente na ampliação da rede de parceiros para promover o desenvolvimento local por meio do fortalecimento da cultura empreendedora. Neste ano serão inaugurados 100 novos postos Sebrae Aqui que, aliados aos 217 já implantados, vão cobrir mais de 95% do território paulista. A educação empreendedora vai chegar a 200 mil alunos do ensino fundamental, por meio do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP).

E também vamos amplificar as ações focadas na simplificação burocrática, com o apoio à inclusão de 400 municípios na Rede Simples, plataforma digital que integra os processos de registro, legalização e baixa de empresas, dos órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

É um desafio e tanto, do tamanho da vontade do brasileiro de empreender. Para dar pronta e eficaz resposta, estamos amplificando nossa rede de parceiros estaduais, regionais e locais, integrando esforços, recursos e conhecimento com o mesmo propósito: garantir o desenvolvimento de plataformas regionais de desenvolvimento, afinadas às necessidades e ao perfil do novo empreendedor, assegurando a eles, uma jornada exitosa pelo mundo dos negócios.

Tirso Meirelles
Presidente SEBRAE-SP