Últimas Notícias

Dia Mundial da Água reúne alunos em Juquiá em atividade artística de pintura e palestra









Cerca de 30 alunos da Escola Serraria, em Juquiá, pintaram espécies
de borboletas em risco de extinção


Dia Mundial da Água reúne alunos em Juquiá em atividade artística de pintura e palestra
Dia Mundial da Água reúne alunos em Juquiá em atividade artística de pintura e palestra


O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, promoveu ações em Juquiá para comemorar o Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março. Atividade de palestra e pintura de espécies de borboletas em risco de extinção realizada com 31 crianças da Escola Serraria, nesta terça-feira, dia 26, em Juquiá, marcaram as celebrações. 

Os alunos do 1º ao 5° ano puderam soltar a criatividade em imagens coloridas das espécies, utilizando lápis de colorir, cartolina e placas impressas com fotos das borboletas. A ação também contou com a presença da analista de educação ambiental do Legado das Águas, Elaine Moura.

As pinturas iniciaram após os alunos acompanharem a palestra da bióloga Laura Braga, coordenadora do projeto Borboletas do Legado, que falou sobre a importância ecológica das espécies, polinizadoras de muitas plantas, inclusive plantações de alimentos. O objetivo da palestra foi apresentar a história natural de borboletas e mariposas, e sua importância ecológica, tanto na fase de lagarta quanto na fase adulta; além das principais ameaças à vida dessas espécies.

“É fundamental levar informações sobre a importância de conservação da floresta e ecossistemas para as crianças, estimulando a conscientização quanto à utilização racional da água e outros recursos naturais. Difundir o trabalho desenvolvido no Legado das Águas, tão próximo às comunidades de Juquiá, torna o tema mais palpável para os estudantes e valoriza a riqueza natural da região”, afirma a gerente executiva da Reservas Votorantim, Frineia Rezende.

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas.

Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.