Últimas Notícias

Polícia Militar prende "Cachorrão" chefe do tráfico em Registro-SP

Vulgo “Cachorrão” veio da cidade de Cubatão para chefiar o tráfico de drogas, e acabou sendo preso pela Polícia Militar em Registro-SP .






Vulgo “Cachorrão” veio da cidade de Cubatão para chefiar o tráfico de drogas, e acabou sendo preso pela Polícia Militar em Registro-SP .


Polícia Militar prende "Cachorrão" chefe do tráfico em Registro-SP
Polícia Militar prende "Cachorrão" chefe do tráfico em Registro-SP

Uma operação da Polícia Militar resultou na prisão do chefe do tráfico de drogas na Vila Nova em Registro-SP, nesta segunda-feira (28/01). Durante o patrulhamento os policiais militares se depararam com um indivíduo em atitude suspeita, vulgo Cachorrão, conhecido nos meios policiais pela prática de tráfico de drogas. 

Polícia Militar prende "Cachorrão" chefe do tráfico em Registro-SP
Polícia Militar prende "Cachorrão" chefe do tráfico em Registro-SP

Ao realizar a revista pessoal os policiais militares localizaram nas vestes do abordado um celular, anotações referentes ao tráfico de drogas na cidade e a quantia de R$91,30 em dinheiro. 

Ao ser indagado sobre as anotações encontradas sob seu poder “Cachorrão” confessou que veio da cidade de Cubatão para ser o gerente do tráfico na Vila Nova, confessando ainda tinha drogas escondidas num pasto próximo ao local da abordagem. 

Diante das informações, foi realizada uma diligência até o local indicado pelo abordado, e em vistoria foi localizada uma sacola plástica contendo 695 pinos de cocaína, 246 porções de maconha e 03 pedras de crack envoltos de plásticos transparentes. Diante dos fatos o homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado à Cadeia Pública onde permaneceu à disposição da Justiça. 

Caso tenha conhecimento da atuação de traficantes não hesite em denunciar. Basta ligar para os telefones 190, no Disque PM – 0800 0555 190 ou Disque Denúncia – 181. 

Pela internet, além do serviço Fale Conosco disponibilizado no site www.policiamilitar.sp.gov.br, há o Web Denúncia no site http://webdenuncia.org.br/

Não é necessário se identificar. Exerça sua cidadania e colabore ativamente