Últimas Notícias

Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente reúne mais de 300 pessoas em Registro-SP






A Prefeitura de Registro-SP, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária e o Conselho Municipal da Criança do Adolescente (CMDCA), realizou na quinta-feira, 29 de novembro, no auditório do Centro da Juventude “Gabi Bertelli”, a XI Conferência Municipal dos da Criança e do Adolescente que teve como tema principal a “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento às Violências” e contou com a participação de mais de 300 pessoas, nos dois períodos. Um encontro democrático onde os participantes puderam fazer valer as suas opiniões.

Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente reúne mais de 300 pessoas em Registro-SP
Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente reúne mais de 300 pessoas em Registro-SP



“Essa Conferência é a oportunidade de termos um olhar de enfrentamento da violência e de tantos outros problemas. Tenho certeza que será uma manhã produtiva em prol das nossas crianças e adolescentes”, disse a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Amélia Fantin.
Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente reúne mais de 300 pessoas em Registro-SP
Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente reúne mais de 300 pessoas em Registro-SP


No período da tarde, o prefeito Gilson Fantin também esteve na Conferência e disse que “o resultado desse encontro interessa muito para a gestão para que possamos cada vez mais implantar políticas públicas que contribuam na formação dos valores, do caráter e dos direitos das crianças que já contam com o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente com leis de proteção e incentivo, porém sabemos que no dia a dia, com a velocidade da internet acontece muita coisa na rotina dessas pessoas e a administração municipal precisa identificar, acompanhar e apoiar todas as ações que contribuam para minimizar esse problema”, finalizou o Gilson Fantin.

Registro tem em média 60 mil moradores, sendo que 9% são crianças (0 a 11 anos) e 4.545 adolescentes (12 a 17 anos) o que corresponde a 7% da população jovem do município. Logo, as políticas voltadas para essa faixa crescente da população é de extrema importância para todos.

“A boa notícia é que temos grande cobertura escolar no município, mas ainda há o desafio de identificar e combater uma série de outras questões e fortalecer as políticas públicas para essa faixa da população, afirmou o presidente do CMDCA – Ricardo Ferreira Hiraide.

A Conferência avalia e monitora a política voltada para o segmento criança e adolescente com base na promoção, proteção e defesa dos seus direitos, protagonismo, participação, controle social da efetivação dos direitos e gestão da política nacional dos direitos humanos de crianças e adolescentes.