Últimas Notícias

Sebrae-SP capacita produtores familiares em Eldorado






Em parceria com a Prefeitura, programa tem como foco aumentar a quantidade e melhorar a qualidade da produção de 21 produtores locais para que consigam participar dos editais de merenda escolar

Sebrae-SP capacita produtores familiares em Eldorado
Sebrae-SP capacita produtores familiares em Eldorado


O Sebrae-SP, em parceria com a Prefeitura da Estância Turística de Eldorado, realiza um programa de capacitação em gestão no segmento de olericultura para 21 produtores familiares da cidade de Eldorado, no Vale do Ribeira. O objetivo do projeto é aumentar a quantidade e melhorar a qualidade da produção para que todos possam participar dos editais para merenda escolar. 

Os encontros começaram em agosto e vão até o dia 06 de dezembro, com oficinas, palestras e cursos direcionados para o dia a dia destes empreendedores. 

Parte dos custos foram subsidiados pelo Sebrae-SP e o restante pago integralmente pela Prefeitura. O prefeito Vadico, por exemplo, por acreditar nos benefícios desta parceria, envolveu os Departamentos Municipais da Agricultura e da Educação, convocando os técnicos municipais, Tercides (Agricultura) e Nanã (Nutricionista) a participarem e acompanharem sua realização.



Na prática, cada propriedade recebeu um diagnóstico da realidade do negócio, como se fosse a fotografia daquele momento da empresa. A partir desse retrato, foi formada a fotografia do grupo de produtores. Em seguida, foram definidos os planos de ação e se iniciaram as capacitações com oficinas, cursos e visitas em feiras do setor. Durante todo o programa os produtores participaram de ações coletivas e consultorias individuais.



Para o gestor do projeto Ricardo Diniz, o fato dos produtores estarem reunidos dentro do mesmo segmento gera uma possibilidade de troca de experiências muito rica. “Eles percebem que as dificuldades podem ser as mesmas e trabalhar coletivamente pode ajudar. Todo projeto tem objetivos, metas e indicadores bem determinados, possibilitando no fim desse período a apuração e a mensuração dos resultados”, comenta.



Ao final do projeto, os 21 produtores familiares de Eldorado estarão aptos não só a participarem dos editais da Prefeitura, como também para outros mercados. “Todos poderão atender feiras, varejões, supermercados e restaurantes, estabelecimentos que exigem a mesma logística de praticidade e entrega semanal”, completa Diniz.