Últimas Notícias

Policiais Civis da DIG de Registro-SP prendem suspeito da morte do Edvaldo Costa






Policiais Civis da DIG de Registro-SP prendem autor do crime de latrocínio ocorrido no bairro serrote e também apreendem adolescente infratora que ajudou a ocultar o cadáver – veículo, celular da vítima e dinheiro roubados, também foram recuperados


Policiais Civis da DIG de Registro-SP prendem suspeito da morte do Edvaldo Costa
A.L.S.M, vulgo “AMARELINHO”



No dia 03 de novembro de 2018, por volta das 7 horas, a vítima EDVALDO COSTA deixou sua residência com destino a cidade de Cajati e por volta das 13 horas da mesma data telefonou para sua casa, dizendo que iria pegar seu veículo marca VW, modelo GOL, cor prata, ano de fabricação 2005, modelo 2006, placas DFK2064/Registro para fazer uma “corrida” para um rapaz, morador do Bairro do Serrote, nesta cidade e desde então, desapareceu. 
Policiais Civis da DIG de Registro-SP prendem suspeito da morte do Edvaldo Costa
 EDVALDO COSTA





No dia 04 de novembro, por volta das 10h32min, no Sítio Nakazawa, Estrada do Lageado/Serrote, nesta cidade, o cadáver de EDVALDO COSTA foi encontrado em área de mata, em decúbito dorsal, apresentando ferimentos por golpes à faca. 

O cadáver também estava incendiado, havendo a suspeita de que a vítima ainda estivesse com vida até então. 

Diante da extrema gravidade do caso POLICIAIS CIVIS da DIG de Registro passaram a realizar diligências imediatamente após o encontro do cadáver, de forma ininterruptas objetivando elucidar a autoria deste crime bárbaro. 

Em trabalho de campo e de inteligência policial, os Policiais Civis reuniram diversas provas, que indicavam que o autor do crime seria o individuo A.L.S.M, vulgo “AMARELINHO”, de 18 anos de idade. 

Foram encontradas testemunhas que teriam visto o investigado em poder de um veículo idêntico ao da vítima, dentre outras provas de natureza pericial e outras de natureza sigilosa. 

Os Policiais passaram a procurar o investigado e descobriram que ele e sua esposa, a adolescente C. A. de 16 anos, teriam deixado o imóvel onde residiam às pressas e teriam seguido para local desconhecido. 

Continuando os trabalhos, os Policiais passaram a percorrer os endereços de familiares dos investigados. Souberam que A.L.S.M possuía parentes na zona rural, acesso pela Estrada do Bairro Guarau, entre os municípios de Jacupiranga e Cajati. Os Policiais Civis da DIG seguiram para aquele local e após uma varredura na área encontraram o investigado na mencionada Estrada, em poder de um veículo VW/SANTANA. 

O investigado foi submetido À revista pessoal e em seu poder foram encontradas porções de cocaína e de maconha. 

Questionado sobre o gravíssimo crime praticado em Registro e com confrontado com as provas já produzidas, A.L.S.M confessou a autoria do crime e indicou aos Policiais a casa onde sua mulher, a adolescente C.A. se encontrava nas imediações. 

Em diligência realizada no imóvel, com acesso franqueado pelo pai de A.L.S.M, os Policiais encontraram a adolescente C.A. Ela estava em poder de uma bolsa, onde foram encontrados o aparelho de telefone celular roubado da vítima EDVALDO, cerca de R$200,00 (duzentos reais) em espécie e produtos que haviam sido comprados com parte do dinheiro roubado. 

O investigado confessou que teria trocado o veiculo VW/GOL roubado da vítima com o veículo VW/SANTANA que estava em seu poder, no município de MIRACATU. 

Foram então promovidas buscas em MIRACATU e o veículo VW/GOL roubado da vítima foi localizado, apreendido e transportado até as dependências da DIG onde foi submetido a minucioso exame pericial. 

Ainda na propriedade rural onde o cadáver da vítima foi achado, os Policais Civis aprenderam outros documentos da vítima e cartões magnéticos em nome da vítima e seus familiares, alguns deles dentro do poço d’água da casa do investigado e outros escondidos no telhado do imóvel onde ele residia. 

O Delegado de Polícia Marcelo Freitas, Titular da DIG de Registro-SP e que preside as investigações além de proceder a prisão do investigado A.L.S.M, também apreendeu a adolescente C.A. em razão de sua participação nos crimes, já que as provas obtidas indicam que C.A. teria auxiliado o investigado A.L.S.M a ocultar e tentar destruir o cadáver da vítima. 

De acordo com o Delegado Marcelo, ao investigado confessou com riqueza de detalhes a prática do crime, sem demonstrar qualquer arrependimento. “Apesar da pouca idade o investigado é extremamente frio e não demonstrou sentimento de culpa. Contou que através de anúncio na rede social, inicialmente atraiu a vítima para vender uma motocicleta, mas EDVALDO não se interessou e o negócio não foi efetuado.

 Na data do crime disse que atraiu a vítima novamente a pretexto de ir com ela até a cidade de MIRACATU para mostrar outra motocicleta, porém, na realidade já havia planejado o roubo. Disse que assim que adentrou no veículo de EDVALDO, após trafegar por poucos metros já anunciou o assalto e golpeou a vítima na altura do pescoço e região abdominal com golpes a faca. Em seguida retirou o cadáver do veículo e o escondeu em uma área de mato, nas proximidades de sua casa.

Posteriormente, tentou abrir uma vala para enterrar o corpo, mas o chão estava muito compactado e não conseguiu. Desta forma, optou por comprar gasolina e atear fogo no cadáver para tentar se eximir se sua responsabilidade.

A adolescente C.A. por sua vez admitiu que tinha conhecimento dos fatos e que adentrou na mata na companhia de A.L.S.M. Ela disse que utilizou parte do dinheiro roubado para compras”. 

O investigado A.L.S.M foi recolhido na Cadeia Pública de Registro-SP e a adolescente na Casa de Custódia de Adolescentes Infratoras da cidade de Juquiá e ambos permanecem à disposição da Justiça.