Últimas Notícias

Projeto de incentivo ao cinema “Pontos Mis” apresenta os filmes






Ilha Comprida O Ponto MIS -Museu da Imagem e do Som - e a Divisão de Cultura da Ilha convidam a população para assistir nesta sexta-feira 21/09 aos filmes “O Último cine drive in” e “Reflexões de Um Liquidificador” na sala de cinema do Espaço Cultural Plínio Marcos ( Av. São Paulo, 1000, Balneário Adriana). Entrada franca. Acompanhe a programação: 

Projeto de incentivo ao cinema “Pontos Mis” apresenta os filmes
Projeto de incentivo ao cinema “Pontos Mis” apresenta os filmes 




“O Último cine drive in” e “Reflexões de Um Liquidificador” na sexta 21/09 






Cinema "Pontos Mis" 




Sexta-feira - 21/09 


Local - Sala de cinema do Espaço Cultural Plínio Marcos ( Av. São Paulo, 1000, Balneário Adriana) 



9 H - O Último cine drive in - Classificação: 12 anos 

Dir. Iberê Carvalho,Brasil, 2015, 1h 40min/Elenco: Rita Assemany, Othon Bastos 

Idioma: Português/ Gênero: Crime, Drama e Fantasia 

O jovem Marlom brando (Breno Nina) se vê obrigado a voltar à Brasília, sua cidade de natal, devido a doença de sua mãe, Fátima (Rita Assemany). Lá, ele vai reencontrar seu pai, Almeida (Othon Bastos), dono do Cine Drive-in, há 37 anos. Ele insiste em manter vivo o cinema, mesmo não atraindo mais espectadores como na década de 70. Para isso, conta com a ajuda de apenas dois funcionários: Paula (Fernanda Rocha), que cuida da projeção e da lanchonete; e José (Chico Sant'anna), um velho amigo de Almeida, que ajuda a vender ingressos no caixa e da limpeza do local. Com a ameaça de demolição do Cine Drive-in e o agravamento da doença de Fátima, pai e filho vão ter que se unir e tentar reviver o passado. 






15 H - Reflexões de Um Liquidificador - Classificação: 16 anos 

Dir. André Klotzel,Brasil, 2010, 1h 20min. Elenco: Selton Melo, Ana Lúcia Torre, Germano Haiut, Aramis Trindade,Fabíula Nascimento, Zé Carlos Machado. Idioma: Português 

Gênero: Comedia, Thriller 

Um filosófico liquidificador nos conta de sua amizade com Elvira, uma dona de casa que passa por um momento agitado em sua vida. Seu marido, Onofre, desapareceu há alguns dias, e ela decide ir à policia dar queixa do sumiço. Em meio a reflexões sobre a vida e as diferenças entre os objetos e os seres humanos, o liquidificador nos conta como tudo começou.