Últimas Notícias

Quebra-cabeças da aposentadoria





Com a população envelhecendo e mais pessoas se aposentando embora com plena capacidade de trabalho, filmes como ‘Mamute’, protagonizado pelo carismático Gerard Depardieu, merecem observação atenta. Ele interpreta um trabalhador de um frigorífico de suínos ainda forte para carregar as carcaças nas costas.


Quebra-cabeças da aposentadoria


Porém, por lei, precisa se aposentar pela idade. Recebe como presente da empresa, líder do mercado, numa fria cerimônia, um quebra-cabeças para passar o tempo livre e um formal agradecimento pela competência e assiduidade. Para manter um ganho mensal digno, no entanto, precisa ter comprovantes de outros trabalhos realizados anteriormente.

Começa assim a montar o quebra-cabeças de sua existência, buscando antigos empregadores em cemitérios ou casas de shows. Acima de tudo, inicia a remontagem da própria vida. Sai com sua motocicleta dos anos 1970 e faz as pazes, na jornada pela busca dos documentos, um amor vitimado num acidente de moto e o irmão e o primo que não via há muito tempo.

A viagem física e simbólica é dirigida por Gustave Kervern e Benoît Delépine de modo a apontar para a conquista da liberdade do protagonista. A aposentadoria idealmente abre possibilidades de novas relações com o mundo. O andar da motocicleta pelas estradas aponta idealmente para a conquista de novos caminhos e direções do quebra-cabeças da vida. Tomara que seja assim de fato.











Oscar D'Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.