Últimas Notícias

Fique longe das armadilhas mais comuns ao iniciar um negócio





Entenda quais são os principais erros dos empreendedores iniciantes e como manter uma boa estratégia para alavancar sua marca

Fique longe das armadilhas mais comuns ao iniciar  um negócio
Orlando Castaldelli, docente da área de gestão e negócios do Senac Registro-SP


Não existe fórmula mágica que dê garantias de sucesso de um negócio, mas há estratégias que podem nortear para um caminho bem-sucedido. Uma delas é saber sobre as falhas mais comuns de quem abre o primeiro empreendimento. Ciente dessas experiências negativas, é possível tomar precauções para garantir um início diferente e mais rentável.






Orlando Castaldelli, docente da área de gestão e negócios do Senac Registro-SP, elenca quais são os principais erros cometidos pelos empreendedores de primeira viagem e explica como ficar longe deles. “A ansiedade é um dos fatores que contribui para essas falhas. Não elaborar um plano de negócios, por querer começar logo, é o grande problema que pode acarretar uma série de outras dificuldades para a marca”, afirma.



Abaixo, veja como não cair nas cinco armadilhas mais corriqueiras de quem está começando. 




1- Falta de planejamento: Pensar em qual solução irá oferecer para o cliente, quais são os objetivos e metas a curto e longo prazo e que tipos de estratégias usar para conseguir chegar nesses resultados são fatores essenciais que devem servir como base para uma empresa. “O planejamento é o ponto de partida para a abertura do negócio. O empreendedor precisa saber como o seu produto, seja ele um bem ou um serviço, atende a uma necessidade ou desejo do cliente, qual o diferencial e os valores que ele entrega, como irá atrair consumidores, estudar a viabilidade financeira, realizar projeções futuras, planejar quais recursos necessitará e quais terá à disposição, entre outros.”



2- Não realizar uma boa gestão: além do planejamento, é necessário organização, direção e controle para que as atividades possam ser executadas, monitoradas, transformadas em aprendizado e em práticas eficazes e eficientes. 



3- Misturar despesas pessoais com o caixa empresarial: o docente alerta que os empresários devem saber separar os lucros que podem ser retirados e os valores que precisam permanecer como capital de giro do negócio. “Não é raro encontrar pessoas que mal acabaram de abrir um negócio e já elevam seus padrões de consumo, usando boa parte da receita do negócio. É importante ressaltar que para a continuidade e crescimento do negócio, é necessário investir em produtos e serviços, infraestrutura, pagar os colaboradores, entre outros, e para tanto, os recursos financeiros são indispensáveis.” Por isso, o que é da empresa deve ser empregado para o seu crescimento, principalmente na fase inicial.



4- Não ter um bom relacionamento com o cliente: nenhum negócio sustenta-se sem consumidores. “As chances de o cliente fazer negócio diminuem consideravelmente caso ele não se sinta bem-atendido, independentemente do produto ou serviço ofertado.”. O bom atendimento não é aquele apenas durante a venda, com um sorriso e simpatia. A técnica estende-se ao pós-venda, com práticas de pesquisa de satisfação, serviços como garantias, trocas e/ou devoluções de produtos. 



5- Falta de atualização: o mercado está em constante mudança e quem não as acompanha fica ultrapassado. “O seu produto pode atender plenamente às necessidades e desejos dos seus clientes hoje, mas a realidade pode ser diferente amanhã.” As atualizações não se referem apenas em lançamentos de produtos, mas também em capacitações tanto para funcionários como também em melhores práticas de gestão para otimizar custos e ampliar resultados.


Cursos na área de gestão e negócios




O Senac Registro-SP possui cursos técnicos e de curta duração para os interessados em aprimoramento ou capacitação na área de gestão e negócios. Neste momento, a unidade está com vagas abertas para o curso Auxiliar Administrativo.



Com duração de 160 horas, as aulas habilitam o aluno para atuar de forma proativa, adaptando-se aos diversos modelos de gestão e executando as rotinas básicas das diversas áreas, contribuindo com a obtenção de resultados que atendam às demandas corporativas.



O curso começa a partir de 17 de setembro e será ministrado de segunda a sexta-feira, das 19 às 22 horas. Para obter mais informações sobre essa e outras programações e fazer inscrições, basta acessar o Portal Senac www.sp.senac.br/registro.



Serviço



Auxiliar Administrativo

Data: 17 de setembro a 12 de dezembro de 2018

Horário: de segunda a sexta-feira, das 19 às 22 horas

Duração: 160 horas

Local: Senac Registro-SP

Endereço: Rua Teiti Koki, 105, Vila Florida – Registro-SP 

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/registro



Agosto/2018