Últimas Notícias

As emoções da 4ª etapa do brasileiro de Supermoto, em Registro-SP


Com baterias emocionantes, o Kartódromo de Registro-SP foi palco da 4ª etapa do Brasileiro de Supermoto. 

As emoções da 4ª etapa do brasileiro de Supermoto, em Registro-SP


Fotos: Mori Action Media e Ricardo Factor Media.


O domingo (29/07) foi especial para os pilotos que participaram da 4ª etapa do Brasileiro de Supermoto no Kartódromo de Registro-SP, em São Paulo. Disputas acirradas e muita adrenalina deram o tom da competição nas categorias SM1 – SM 1 STOCK – SM2 – SM4 OVER 40 – SM BIKERS – SM3 – SM3 PRO, SPEED 300 – STREET e SCOOTER.












A etapa também marcou a inauguração do novo trecho de terra do Kartódromo, totalmente reformulado pelo piloto Marcelo Silvério para dar mais segurança e conforto aos participantes do Brasileiro.

As emoções da 4ª etapa do brasileiro de Supermoto, em Registro-SP


As corridas oficiais começaram com as SCOOTER, nova categoria do campeonato, que estreou na etapa passada, em Balneário Camboriú e nesta segunda participação já alcança aumento significativo no número de pilotos que mostraram garra e alto nível de competitividade. As baterias foram bastante disputadas entre os pilotos, Matheus Lima levou o pódio na categoria Scooter Bigbore e Rafael Silveira, na Scooter 70cc.



Logo em seguida foi a vez das SM BIKERS, SPEED 300cc e STREET 250cc, essas duas últimas também com número grande de pilotos, que já estão se adaptando a essa nova categoria de motovelocidade in door, em kartódromo. Destaque para Juninho Trudes que, com a mão engessada, resultado de contusão sofrida na etapa do Brasileiro em Goiânia, participou para manter a pontuação, e ainda chegou em segundo lugar. Acostumado com o Kartódromo de Registro, Trudes treina bastante no local e tem um campeonato exclusivo neste circuito. Mas, as duas baterias foram vencidas por Mauriti Júnior, líder da SM BIKERS, tendo, em terceiro, Alexandre Motta.



Na STREET 250cc, as duas baterias foram de Samuel Salla. O piloto que não pode participar da etapa em Balneário Camboriú, voltou com tudo e continua na liderança da categoria. Nas 300cc, a etapa foi vencida por Diogo Fernandes.



A SM2 apresenta a disputa mais equilibrada do campeonato até agora, com nível de competitividade latente entre os pilotos Cléber Guimarães, Wilson Guimarães e Eduardo Venzol, em baterias bastante concorridas com muita troca de posições e alguns momentos bem tensos. “Minha moto desligou na primeira bateria, mas consegui superar e passar. Na segunda, a moto desengatou na parte de terra e ainda não larguei bem, saí na terceira posição e ficamos a corrida inteira brigando pela liderança. Foi eletrizante”, descreve o piloto Cléber Guimarães, lembrando que nesta etapa o piloto Sebastion Ronchon teve problemas na primeira bateria e sofreu uma queda na segunda, não conseguindo, portanto, finalizar a prova.



Já Eduardo Venzol, que largou em segundo, rapidamente pulou para a primeira posição, mas perdeu tempo de frenagem em uma curva, sendo ultrapassado por Cleber. Tentando dar o troco, Venzol fez o xis na curva seguinte, bem mais fechada, porém, Cléber freou e o piloto teve de diminuir bastante para não bater e nesse interim Wilson Guimarães, que largou na terceira posição, aproveitou a oportunidade e passou.





Na segunda bateria da categoria, com todos saindo juntos, Eduardo Venzol largou em terceiro. Após algumas voltas passou o piloto Cléber, ganhando uma posição e ficando atrás de Wilson na briga pelo primeiro lugar. No trecho de terra as motos se tocaram e Venzol foi ultrapassado por Cléber. “Quando recebi bandeirada de uma volta, decidi abusar um pouco mais e fui para cima do Wilson, que era o segundo, costurei o trajeto mais longo por fora e sai na frente, mas perdi a curva e no fim da reta fui novamente ultrapassado pelo Cléber. Na terra, em um dos pontos de saltos mais altos, percebi que era a chance de emendar o salto e passar e, assim fiz, saltando, ultrapassei no alto e na aterrisagem já fiz a curva e saí disparado para passar o Cléber, mas já era a última volta e acabei fechando essa bateria em segundo lugar”, ressalta Venzol. “Mas, graças a Deus todos estamos bem e agora a diferença de pontos diminuiu bastante. Vamos partir para a próxima etapa porque não há nada decidido ainda”. Assim, com muita adrenalina, o primeiro no pódio foi Cléber Guimarães, em segundo, o irmão Wilson Guimarães e, em terceiro, Eduardo Venzol.






O piloto Luis Gustavo, que ainda não tinha participado do Brasileiro deste ano, retornou com força total e levou o pódio da SM3 PRO, vencendo as duas baterias da categoria.



Na categoria principal, a SM1, os líderes Pedro Rehn e Chiquinho Velasco largaram mal, mas já na primeira volta conseguiram se recuperar e já disputavam o segundo e terceiro lugares, tendo à frente Kleber Justino, que logo foi ultrapassado pelos dois pilotos. Contudo, faltando três voltas para finalizar a bateria, Velasco teve a infelicidade de furar o pneu dianteiro o que inviabilizou a disputa, fazendo com que ficasse em terceiro lugar e Kleber Justino em segundo. Pedro Rehn venceu as duas baterias e segue na frente. “Deu tudo certo, não tive nenhum contratempo sério, consegui liderar as duas baterias de ponta a ponta e saí com a vitória, e muitos pontos importantes para o campeonato. Agora é seguir treinando para próxima etapa do Brasileiro e para o Mundial, em setembro”, ressaltou Rehn, lembrando que a piloto Marcela Souto esteve presente nos livres no sábado (28/07), mas preferiu se preparar mais para estrear na próxima etapa.

E a SM4 OVER 40 foi vencida novamente por Marcelo Silvério, tendo Kleber Augusto em segundo. Os dois pilotos lideram a categoria no campeonato.


Para o diretor do Brasileiro, Carlos Senise, da CBM, a etapa em Registro, superou as expectativas. “Foi uma etapa excelente e os pilotos já estão ansiosos pela quinta etapa que vai acontecer em Limeira SP”.





Realização: Brasília Motor Clube
Supervisão: do Campeonato CBM
Apoio: Prefeitura Municipal de Registro SP.

Fotos: Mori Action Media e Ricardo Factor Media

PATROCINADORES:

*Piquet Esports
*Energ Drinks Mamute
*Dynotron
*SAC Seguros
*IMS RaceWear

RESULTADOS DA ETAPA

SCOOTER 70cc
1 – RAFAEL SILVEIRA
2 – ROGERIO SOUZA
3 – FERNANDO RAISER
4 – PAULO TORRES
SCOOTER BIGBORE
1 – MATHEUS LIMA
2 – KAUÊ BRUNING
3 – CARLOS BASSO JR
4 – GUILHERME GAVLAK
5 – ANDRE SOUZA
6 – GUSTAVO CARVALHO
SM2
1 – CLEBER GUIMARÃES
2 – WILSON GUIMARÃES
3 – EDUARDO VENZOL

4 – BRUNO GALARDI
5– MARCELO TOMA
6 – SEBASTION ROCHON
SM3 PRO
1 – LUIS GUISTAVO
2 – HELPIO NOGUEIRA
SM BIKERS
1 – MAURITI JÚNIOR
2 – JUNINHO TRUDES
3 – ALEXANDRE MOTTA
4 – GUSTAVO CARVALHO
SPEED 300cc
1 – DIOGO FERNANDES
2 – JONATHAS SLUZARS
STREET 250cc
1 – SAMUEL SALLA
2 – HENRIQUE FRANCO
3 – FLAVIIO SARAIVA
SM1
1 – PEDRO REHN
2 – KLEBER JUSTINO
3 – FRANCISCO VELASCO
4- MARCELO SILVERIO
5 – KLEBER AUGUSTO
SM1 STOCK
1 – RANIERI BRASIL
SM4
1 – MARCELO SILVERIO
2 – KLEBER AUGUSTO
3 – RANIERI BRASIL



PRÓXIMAS ETAPAS:
02/09 – Limeira – SP;
14/10 – Registro – SP.

Realização: Brasília Motor Clube

Supervisão: CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo

Apoio: Prefeitura de Registro-SP



PATROCINADORES:
*Piquet Esports
*Energ Drinks Mamute
*Dynotron
*SAC Seguros
*IMS Race Wear