Últimas Notícias

CULTURA E IDENTIDADE EM IGUAPE

CULTURA E IDENTIDADE EM IGUAPE
Sandra de Sá


Entre os dias 23 e 26 de maio uma grande variedade cultural estará disponível na cidade de Iguape, Vale do Ribeira. 


O Festival Literário de Iguape (FLI), em sua 6ª edição, debaterá conceitos de território e identidade em tenda cultural na Praça da Basílica e na Biblioteca Pública Municipal. Junto com o Festival também chega ao Museu de Iguape a Exposição Retratos do Ribeira. Toda a programação é livre e aberta ao público.


A exposição Retratos do Ribeira tem abertura oficial na quarta-feira, 23, às 20h00 com período de visitação até 24 de junho e quer revelar a riqueza cultural e natural da região que abrange a Bacia do Rio Ribeira de Iguape. Através de fotografias produzidas em expedições realizadas pelos fotógrafos Ricardo Martinelli e Paulo Jolkesky nos últimos 5 anos.






O projeto busca dar voz as impressões daqueles que vivem em pequenas cidades, aldeias, quilombos, comunidades tradicionais, colônias de imigrantes, entre outros, registrando as diversas histórias e personagens e como se relacionam com a região em que vivem, como entendem sua cultura e seu território.

Já o FLI 2018 começa na quinta-feira, 24, e traz uma rica programação que alcança todas as idades e se estende até o sábado, 26. Não é necessário ter intimidade com literatura nem com o tema. 

Os diversos convidados abordam e debatem assuntos de relevância social sempre de maneira acessível ao público.

Além da programação na Praça da Basílica e Biblioteca Municipal, atividades especiais foram definidas para as escolas municipais, bem como oficinas e workshops em sete municípios do Vale do Ribeira.

O FLI conta com show, sarau e conversas com a presença de artistas, pesquisadores e estudiosos como o antropólogo iguapense Antônio Carlos Diegues (da Esalq/USP, autor de O Mito Moderno da Natureza Intocada), Conceição Evaristo (escritora brasileira, com grande participação e atividade em eventos relacionados a política social), Djamila Ribeiro (pesquisadora e mestre em Filosofia Política), Elisa Lucinda (poetisa, jornalista, cantora e atriz brasileira), Daniel Munduruku (escritor, professor, graduado em filosofia, história e psicologia com mestrado em antropologia social pela USP), Ellen Oléria (cantora, musicista, compositora e atriz brasileira), Larissa Luz (cantora, compositora e atriz indicada ao Grammy Latino), entre outros.

Sandra de Sá (popular cantora e compositora brasileira) fará o show de encerramento do 6º FLI.

O festival, feito em parceria com a Prefeitura de Iguape, é uma realização das Oficinas Culturais, Programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciado pela Poiesis.

Não percam a chance de participar dessa programação.

A programação completa do FLI pode ser encontrada nos portais:

Prefeitura de Iguape -  www.iguape.sp.gov.br
Oficinas Culturais - http://www.oficinasculturais.org.br/6fli