Últimas Notícias

Conheça a história de Gabriely, atleta de Jiu-Jitsu de Cajati no Vale do Ribeira


Conheça a história de Gabriela, atleta de Jiu-Jitsu de Cajati no Vale do Ribeira
Gabriely Cristina Pires

Hoje vamos conhecer  a história de Gabriely Cristina Pires (25 anos) , atleta de Jiu-Jitsu do município de Cajati na região do Vale do Ribeira (SP).

Conheça a história de Gabriela, atleta de Jiu-Jitsu de Cajati no Vale do Ribeira

A história de vida de Gabriely


"Tenho pouco tempo no Jiu-jitsu, comecei a treinar em março de 2016, não me dedicava tanto nessa época, morava no sítio no município de Cajati e não tinha nem Quimono pra usar, sempre emprestava do meu professor e nessa época lembro que acabaram acontecendo situações bem complicadas na minha vida. 

Lembro também que meu professor, o Julio, toda dia me falava ‘Vamos treinar. 

Você é forte menina, tudo isso vai passar’. Ainda bem que eu o escutei! O Julio tem um trabalho muito legal lá em Cajati, uma vez a gente já comentou que ele não é o dono e professor da academia, ele vende sonhos, faz de tudo pela galera la da academia.  


Aconselho todo mundo a ir fazer uma aula com ele, e espero que ele possa mudar a vida de vocês também!

Os títulos na carreira de Gabriely


Conheça a história de Gabriela, atleta de Jiu-Jitsu de Cajati no Vale do Ribeira


Títulos

  • 1 colocada no ranking Circuito Sul Paulista
  • 1 ranking paranaense sem kimono meio pesado
  • 1 ranking paranaense absoluto sem kimono
  •  
  • CAMPEÃ CURITIBA WINTER INTERNATIONAL IBJJF
  • CAMPEÃ CIRCUITO ABC ABSOLUTO- SANTO ANDRÉ-SP
  • CAMPEÃ PARANAENSE 5 ETAPA PESO MEIO PESADO NO GI
  • CAMPEÃ PARANAENSE 6 ETAPA PESO MEDIO GI
  • CAMPEÃ PARANAENSE PESO MEIO PESADO NO GI
  • CAMPEÃ ABSOLUTO 6 ETAPA PARANAENSE NOGI
  • CAMPEÃ CIRCUITO SUL PAULISTA 2 ETAPA ABSOLUTO
  • CAMPEÃ CIRCUITO SUL PAULISTA 3 ETAPA PESO MEDIO
  • CAMPEÃ CIRCUITO SUL PAULISTA 3 ETAPA ABSOLUTO


Tentando resumir, o Jiu-jitsu me fez uma pessoa melhor, hoje acordo 5:30 pra ir treinar, vou trabalhar, volto, pego meu filho que fica com uma amiga e vou direto pra academia, ainda tenho que dar conta de faculdade, meu filho (ele também treina jiu-jitsu) e morar sozinha. 

Tem dias que chego em casa só as 23:00, ai quando eu escuto alguém me falar: Tu ta tendo sorte nesses campeonatos né? Eu só consigo pensar em tudo isso e falar: PURA SORTE! Ou então é aquela historia: ‘Não cansa? Não ta exagerando? Ta namorando alguém da academia? Ta ganhando dinheiro com isso?’Bem no comecinho essas coisas me chateavam, mas de novo o jiu-jitsu me trouxe coisas muito legais, principalmente respeito e humildade mas também me fez ver problemas e dificuldades de outra maneira. 

O meu professor sempre diz ‘Sem historias tristes, todo mundo tem dificuldade.’  

Então passei só agradecer, sempre vai ter gente pra falar mal, pra torcer contra ou desmerecer, como no jiu-jitsu.. passei a ver as situações difíceis como aprendizado! Isso me fez evoluir muito!

Outra coisa que preciso dizer, eu não sou sozinha, hoje pediram pra fazer essa matéria sobre mim mas preciso dizer, somos uma família, não treino sozinha, não aprendo nada sozinha, não evoluo sozinha, não ganho campeonato sozinha, não perco campeonato sozinha! Somos uma família, quando um entra pra lutar, parece que ta todo mundo dentro do tatame sabe? Somos muito unidos! 

Os caras la na academia tem uma história e eu respeito muito isso, porque sou iniciante, tenho muita admiração por eles porque mesmo com a correria deles, estão sempre me empurrando pra frente.  

Os caras não, tem as meninas também, lá os meninos respeitam muito mas ninguém da moleza não, todo mundo treina forte, tem até treino feminino com a Mari, pensa numa baixinha sinistra!

E tem o meu pai, que ta sempre me ajudando, correndo atrás de patrocínio, é muito gratificante ter o apoio dele.


Pra finalizar, tem um pedido que gostaria de fazer, se alguém puder ajudar de qualquer maneira,ou souber alguém que possa nos ajudar. 

No dia 24 e 25 de março eu e mais 4 parceiros de treino pretendemos ir pra Florianópolis competir  Floripa Fall International Open, evento de jiu-jitsu da Confederação Internacional de Jiu-jitsu, ainda precisamos de ajuda com o transporte e hospedagem, os custos são altos. 

Temos alcançado resultados expressivos nas competições nacionais e internacionais representando o Vale do Ribeira e buscamos apoio de empresas, comércio, que queiram ter seus nomes vinculados/divulgados. 

E-mail: piresgabriely@gmail.com 

Contato: (13) 99629-2443

Agradeço muito a oportunidade, Deus abençoe!"

Gabriely