Últimas Notícias

POLÍCIA CIVIL DE MIRACATU ESCLARECE LATROCÍNIO OCORRIDO NA BR 116 E PRENDE OS SUSPEITOS


POLÍCIA CIVIL DE MIRACATU ESCLARECE LATROCÍNIO OCORRIDO NA BR 116 E PRENDE OS SUSPEITOS

Na data de hoje (22/02), por volta das 07:00 horas da manhã, a Polícia Civil de Miracatu, com apoio da Polícia Civil de Juquiá, se dirigiu até o bairro Cafezal (antigo Bairro do Engano)  a fim de cumprir mandado de prisão temporária de Cleberson Pereira dos Santos e Mandado de busca e apreensão do adolescente M.B.L. , bem como mandados de busca domiciliares nas residência dos mesmos (autos nº 000126-28.2018 expedido de Vara da Infância de Miracatu e autos 0000124-58.2018 expedido pela 1ª Vara de Miracatu).

POLÍCIA CIVIL DE MIRACATU ESCLARECE LATROCÍNIO OCORRIDO NA BR 116 E PRENDE OS SUSPEITOS

POLÍCIA CIVIL DE MIRACATU ESCLARECE LATROCÍNIO OCORRIDO NA BR 116 E PRENDE OS SUSPEITOS


Uma vez que tais indivíduos figuram como suspeitos da prática de latrocínio ocorrido no dia 30 de janeiro de 2018, na BR 116, Município de Miracatu, tendo como vítima fatal Vilson Ferreira Chaves. 

A obtenção dos mandados se deu após a polícia obter informações contundentes acerca dos autores do crime. 






Na residência do menor, este foi localizado e apreendido, sendo que em seu guarda roupas foram localizadas 03 trouxinhas de maconha. 

Na residência do menor ainda foram localizados 24 (vinte e quatro) pacotes de arroz, objeto de roubo ocorrido no dia 16 de fevereiro de 2018 (RDO 202/18 – Del.Pol. de Miracatu). 

O menor foi apreendido por incurso no artigo 28, da lei 11343/06, bem como artigo 180, caput, do Código Penal. 

Em sede policial o menor exerceu o direito de permanecer em silêncio, porém apresentado em juízo, confessou as práticas delitivas, inclusive com relação ao latrocínio, apontando ainda CLEBERSON, como seu comparsa. 

Na residência de CLEBERSON este também foi capturado em cumprimento da prisão temporária, sendo apreendido no local 25 porções de cocaína, bem como uma espingarda de pressão e um punhal, possivelmente utilizado na prática de outros roubos a caminhoneiros. 

Cleberson foi autuado pela prática de tráfico de drogas, considerando a quantidade de entorpecentes apreendidos.  Nos autos do latrocínio (IP 14/18) CLEBERSON exerceu o direito de permanecer em silêncio, tendo sido indiciado pela prática de latrocínio acima noticiado. 

Agora os suspeitos ficarão sob custódia do Estado a disposição da Justiça.