Últimas Notícias

PRF inicia Operação Integrada Rodovida no estado de São Paulo

PRF inicia Operação Integrada Rodovida no estado de São Paulo


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou nesta Sexta-feira (22) a Operação Integrada Rodovida 2017/2018, que vai até 18 de fevereiro em todas as rodovias federais que cortam o estado de São Paulo.

Criada em 2011, Rodovida é uma ação do governo federal, comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da PRF, com apoio da Presidência da República, Casa Civil e dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes. 

No estado de São Paulo as delegacias da PRF no âmbito local realizarão ações integradas com outras instituições a fim de unir esforços para proporcionar um trânsito mais seguro à população, buscando também otimizar os resultados.






A Operação acontece durante as festas de final de ano(Natal e Réveillon) e segue durante todo o período de férias até o carnaval, encerrando no dia 18 de fevereiro, período em que aumenta significativamente o número de veículos e pessoas nas rodovias do estado de São Paulo, principalmente em direção ao litoral, interior e outros estados do sul e sudeste.

No período, a PRF intensificará as ações de fiscalização, focadas principalmente para coibir as condutas de risco, que podem gerar acidente ou gerar maior gravidade: São as condutas de ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade, consumo de álcool, uso do cinto de segurança, atropelamento de pedestres e trânsito irregular de motocicletas.

Ações direcionadas:

A partir de análises de estatísticas de acidentes de trânsito, a PRF busca otimizar a fiscalização e o patrulhamento de trechos reconhecidamente críticos, considerando fatores como horários e dias de maior incidência de ocorrências de acidentes e criminais, e promovendo principalmente ações preventivas.

A novidade no estado de São Paulo é que a Serra do Cafezal na Régis Bittencourt teve sua duplicação concluída e foi aberta à circulação de veículos nesta semana, gerando uma expectativa de menos transtornos aos usuários da rodovia que dá acesso ao estado do Paraná e demais estados do sul do País que tem grande demanda nesta época do ano. Espera uma redução de acidentes graves e crimes que ocorriam em função dos grandes congestionamentos gerados por ocorrências ou mesmo pelo alto volume de veículos.

Alcoolemia: Nas rodovias federais que cortam o estado de São Paulo, todas as viaturas da PRF estarão equipadas com aparelhos de etilômetro que mede a quantidade de álcool do ar expelido dos pulmões. Vale lembar que o motorista que se recusar a fazer o popular teste do Bafômetro é autuado e caso apresente sinais visíveis de embriaguez será também encaminhado á delegacia de polícia civil para registro da ocorrência de embriaguez ao voltante.

Velocidade: São Paulo é o estado brasileiro com o maior número de flagrantes de excesso de velocidade em rodovias federais. Neste ano até o momento já foram capturadas mais meio milhão de imagens pelos radares portáteis da PRF, algumas imagens mostram veículos andando acima de 200km/h, o que aumenta o risco de acidentes graves, pois quanto maior a velocidade, mais forte é o impacto, possibilitando a geração de danos maiores. A PRF fará uso de radares de velocidade ao longo de toda operação nos pontos considerados mais críticos, em dias e horários estratégicos de acordo com estatísticas de acidentes, principalmente aqueles graves, com mortos ou feridos graves.

Restrição de tráfego: Os veículos com AET (Autorização especial de trânsito) estão proibidos de circular nos dias 25/12/2017 e 01/01/2018 das 16 às 22h em locais de pista simples. Os infratores estão sujeito a multa e retenção do veículo.

Educação para o trânsito: Além das fiscalizações a PRF realizará ao longo da operação, ações educativas de conscientização aos motoristas e passageiros. Serão mini palestras em ônibus coletivo de passageiros, que foca principalmente no uso do cinto de segurança, cinema rodoviário, ação em que motoristas flagrados cometendo infrações são convidados a assistir vídeos sobre acidentes e condutas que colocam em risco a vida de todos os usuários da rodovia.









Recomendações da PRF:


Planejamento da viagem – O motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo;

Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima no endereço www.inmet.gov.br;



Faróis: Acenda sempre os faróis, pois eles são de uso obrigatório mesmo durante o dia em todas rodovias do país, sob neblina, cerração ou chuva, deve-se também reduzir a velocidade.