Últimas Notícias

Escola da Família da Escola Yolanda de Cananéia realiza Virada Inclusiva



Escola da Família da Escola Yolanda de Cananéia realiza Virada Inclusiva


A ação contou com as parcerias de voluntários, Casa do Idoso, CRAS – Centro de Referência em Assistência Social, COMDEFI – Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Grêmio Estudantil M.D.E. – Mobilização Democrática Estudantil

Escola da Família da Escola Yolanda de Cananéia realiza Virada Inclusiva

        O PEF – Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva” da cidade de Cananéia, DER REG – Diretoria de Ensino da Região de Registro-SP, realizou no último sábado, nove de dezembro, das 14h às 17h, a Virada Inclusiva, uma ação que tem como princípio oferecer mais visibilidade à presença da pessoa com deficiência na sociedade, com a presença de 108 pessoas que participaram de diversas atividades inclusivas, de valorização à pessoa portadora de deficiência e de compreensão das dificuldades enfrentadas pelos deficientes na sociedade em que estamos inseridos.





        Entre as atividades desenvolvidas pode-se destacar, a partir das 14h, o acolhimento com a realização de um alongamento inclusivo, sob a supervisão da ex-educadora universitária, atual educadora voluntária do PEF Yolanda e educadora física Tatiane Marques Costa, com auxílio da também ex-educadora universitária, atual educadora voluntária e fisioterapeuta Drª. Liane Borlin, que juntamente com a vice-diretora do PEF, professora Elaine Marques dos Santos, aplicou o Circuito da Confiança(onde a pessoa com vendas era orientada por um guia para passar por obstáculos). 

Atividades artísticas também foram aplicadas pelas educadoras universitárias Ariane Cristina de Oliveira Costa e Andréia Ribeiro Viotti, sendo desenho temático sobre inclusão, pintura em tecido e pintura em azulejo inclusivas. 

Entre as atividades de recreação e jogos a educadora Andréia orientou o jogo da memória para número em braile e LIBRAS – Linguagem Brasileira de Sinais e a educadora Tatiane aplicou recreação inclusiva com estafeta, vôlei sentado e alongamento com dança. 









As educadoras voluntárias Júlia dos Santos Mateus(portadora de nanismo) e Thamar Alves Shimodaira e a psicóloga da equipe do CRAS – Centro de Referência em Assistência Social e membro do COMDEFI – Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Cananéia, Drª. Isley Aparecida Padilha, aplicaram as atividades na Sala Sensorial,com atividades de aguçamento dos sentidos do tato, audição, olfato e paladar, com privação da visão. 

Os Espaços LIBRAS e Braille contaram com orientação, oficinas e jogos de LIBRAS e Braille (com livros em braile, orientação de utilização de reglete, alfabeto em Libras, etc.), sob a orientação da ex-educadora universitária do PEF Yolanda, professora e deficiente auditiva Bárbara Grosso.Para finalizar as atividades Augusto Costa Gonçalves (cadeirante de 68 anos, morador da Casa do Idoso), juntamente com o acompanhamento da rabeca do fandangueiro João Fermino (76 anos), presentou a todos os presentes com modas de fandango, sendo que João Fermino finalizou o evento oficialmente com o Hino Nacional na rabeca, encantando a todos.

A ação contou, ainda, com a presença do presidente da Casa do Idoso de Cananéia e membro do COMDEFI José Benito Ouviña Leiro, além de demais conselheiros como aDrª. Isley e professora Elaine, do cuidador da Casa do Idoso Paulo José, da presidente do Grêmio Estudantil M.D.E. – Mobilização Democrática Estudantil, Maria Eduarda Viana Gomes Líbano, além de familiares e crianças, jovens, adultos e idosos portadores de diversas necessidade especiais, que puderam participar e ensinar a todos como viver, apesar das diferenças, num mundo tão pouco preparado para tanta diversidade.

        O nosso mais que especial agradecimento a todos que colaboraram como COMDEFI, CRAS, Casa do Idoso e Grêmio Estudantil, parceiros e demais voluntários presentes. Vocês são mais que especiais!!!!