Últimas Notícias

Poesia, danças, música e emoção no Sarau multicultural “África Brasil”



Poesia, danças, música e emoção no Sarau multicultural “África Brasil”


"Não sou só negra. Sou indígena, sou japonesa, sou amarela, sou todas as raças. Hoje não é só dia da Consciência Negra. É dia, acima de tudo, da consciência humana", Sônia Loira.


Poesia, danças, música e emoção no Sarau multicultural “África Brasil”


Ilha Comprida - Aberto pela apresentação de capoeira dos Meninos de Sinhá do professor Dárcio, o Sarau Multicultural "África Brasil" emocionou a plateia que lotou o Espaço Cultural na noite de segunda 20/11.  

A homenagem ao Dia da Consciência Negra contou com a presença especial de Silvio, de Iguape, que declamou a música "Terra Seca" de Ary Barroso, num dos grandes momentos da noite.






Em seguida, poesias de Galba de Oliveira, Marize, da jovem Kelly e Cibele. Coordenada pela professora de dança Suenia, a apresentação de Maculelê do Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) foi momento de rara beleza, assim como o show do grupo Bate Lata do professor Axé, do projeto Ilha Jovem. Sônia Loira trouxe as danças africanas – Ilê Axé Xangô e Oxum, seguida de roda de capoeira da Escola Monte Carlo.


Com arte, o Sarau promoveu uma reflexão acerca dos direitos, a rica contribuição cultural da cultura negra na sociedade e o preconceito criminoso que ainda existe no país. Emocionada, a idealizadora dos saraus da Ilha, Lourdes, destacou o significativo momento cultural de uma cidade traduzir em poesia o respeito, a gratidão e o reconhecimento à rica cultura africana:"São histórias de gente que são a minha gente". 

O Sarau contou com a presença do prefeito Geraldino Júnior, dos vereadores Daniel Ramos, Mig e Fábio Tonon. 

Os Saraus acontecem mensalmente no Espaço Cultural, com temas diferentes a cada mês. Mais informações : (13) 3842 2124.