Últimas Notícias

Patrulha Família Segura recebe panfletos da Prefeitura de Registro-SP para auxiliar na divulgação do trabalho


Patrulha Família Segura recebe panfletos da Prefeitura de Registro-SP para auxiliar na divulgação do trabalho

Implantada de forma pioneira em Registro-SP em parceria com o CRAM, a Patrulha tem sido fundamental na proteção das vítimas de violência doméstica

No último dia 18/07, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) da Prefeitura de Registro fez a entrega de 30 mil panfletos sobre a Patrulha Família Segura à Polícia Militar. O objetivo é contribuir com a divulgação desse importante instrumento que ajuda a fiscalizar o cumprimento das Medidas Protetivas às mulheres vítimas de violência e aumentar a segurança das famílias.

A entrega dos panfletos foi realizada pela coordenadora do CRAM, Neile Kuczner Mendes, e pela assessora jurídica Dra. Regina Guedes, ao Capitão Cunha e à Capitã Madalena, do 14º Batalhão da Polícia Militar. 








A voluntária Gisele Souza foi quem procurou o vereador Cristiano Oliveira em busca de patrocínio para viabilizar a impressão dos panfletos. Ele intermediou o pedido junto ao Prefeito Gilson Fantin, que autorizou o Departamento de Comunicação a fazer o material de divulgação.

“Os panfletos nos ajudarão muito a divulgar o serviço entre a população. Poderemos entrega-los nos eventos da Polícia, nos serviços públicos e até mesmo de casa em casa para que as mulheres vítimas de violência saibam que existe mais esse instrumento de proteção”, enfatizou o Capitão Cunha.

A Patrulha Família Segura foi implantada de forma pioneira em Registro. É um tipo de policiamento que consiste em uma patrulha PM bigênero, ou seja, composta por um Policial Militar masculino e uma Policial Militar feminina, que faz constantes visitas às vítimas e aos núcleos familiares oprimidos pela violência doméstica.

Depois de confeccionado o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia e preenchido o questionário próprio sobre violência doméstica anexado, o Delegado encaminha esse Boletim ao Ministério Público. Assim que a Medida Protetiva é deferida pelo Juiz, a Patrulha Família Segura é acionada e inicia o acompanhamento da vítima.









A Patrulha pode ser acionada diretamente à PM pelo 190 ou pelos telefones 3821-6488, 3821-6489, 3821-6490, 3821-6491, 3821-6492 e 3821-1572.


.