Últimas Notícias

Mutirão ecológico nas dunas de Juruvaúva uniu crianças e idosos e recolheu 1.200 quilos de detritos

Mutirão ecológico nas dunas de Juruvaúva uniu crianças e idosos e recolheu 1.200 quilos de detritos


Ilha Comprida- Cerca de 100 voluntários, entre alunos da escola municipal Meu Recanto, do Educação de Jovens e Adultos (EJA) e do Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) , participaram na quinta 6/04, do mutirão ecológico de revitalização de barras naturais e dunas. 

A ação foi coordenada pelo grupo do projeto Cidade Limpa, em parceria com os Departamentos Municipais de Educação, Obras e Econegócios. A limpeza aconteceu nas dunas e na barra do Juruvaúva, um dos principais pontos turísticos do município.

Mutirão ecológico nas dunas de Juruvaúva uniu crianças e idosos e recolheu 1.200 quilos de detritos

Os próprios participantes se surpreenderam com a quantidade de lixo encontrado no local – plásticos, vidros, garrafas pets, pedaços de isopor, entre outros –, em sua maioria, materiais trazidos pelo mar quando a maré sobe. 









“Normalmente esse tipo de material vem de embarcações que estão em alto mar e também de outros países, inclusive a gente pode notar embalagens de vários países. 

Através da corrente marítima e do vento, esse material acaba encostando na beira da praia”, explica o coordenador Cidade Limpa, Cristian Negrão, que acredita ser essa grande quantidade de lixo encontrado, resultado da última maré cheia registrada no ano passado.

Esse é o primeiro mutirão de uma série planejada para conservar as dunas, além de estimular cada vez mais pessoas a se engajar na defesa do meio ambiente, o maior patrimônio de Ilha Comprida.

De acordo com Darci Pupo, do Departamento de Educação, esse trabalho de conscientização ambiental começa com os alunos da rede municipal de ensino, que, além da ação, realizam atividades sobre o tema em sala de aula. 

“Nós trabalhamos o calendário verde, que faz parte da limpeza do litoral, a preservação das dunas, dos manguezais e, na sala de aula, as crianças debatem essa experiência se tornando multiplicadores dessa ação. Esse é o primeiro evento, certamente novas turmas virão e a ideia é realmente despertar a consciência para a importância de se conservar o meio ambiente”, explica. 

Segundo o coordenador do Cidade Limpa, a população ribeirinha também pode colaborar não jogando lixo no rio, uma vez que uma parte desse lixo também é trazido pelo rio Ribeira, através de correntes marítimas. 

O primeiro mutirão ecológico retirou cerca de 1.200 quilos de lixo da natureza.


.