Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Alexandre Novaski lança livro Cinza Solidão na Ilha, no sábado 20/07

escritor Alexandre Novaski
Escritor Alexandre Novaski 
Ilha Comprida- O escritor Alexandre Novaski lança no sábado 20/07, às 19h30, no Iate Park Hotel, o livro Cinza Solidão. O lançamento literário acontece durante a 15ª Mostra de Teatro da Ilha Comprida.   Alexandre Novaski nasceu em São Paulo em 1973. Na adolescência conheceu a região do Vale do Ribeira, local que passaria a morar tempos depois, e que serviria de inspiração para as primeiras obras escritas.

Em Ilha Comprida, o jovem trabalhou na Prefeitura, nos Departamentos de Educação e Cultura. De volta a São Paulo, antes mesmo de se formar na faculdade, Novaski – também radialista e jornalista – entrou no mundo televisivo. Trabalhou como roteirista nos programas Central de Cultura, exibido na CNT e Da Hora, exibido diariamente e ao vivo pela Rede Família de Televisão. Paralelamente, roteirizou e dirigiu o premiado curta-metragem O Maior Amor de Todos.

Cinza Solidão

Em 2010,  mudou para o Rio de Janeiro e passou a a atuar como crítico de teledramaturgia e colaborador das revistas Supernovelas e Só Novelas, escrevendo ainda para as revistas Tua e Ponto Jovem. Cinza Solidão é seu primeiro livro editado. O autor coleciona ainda outras obras inéditas como o romance juvenil Para Quem Os Sinos Tocam, alguns roteiros para cinema e sinopses de novelas e minisséries.

Sinopse - Cinza Solidão
Início dos anos 90. Cláudio leva uma vida simples na capital paulista. Trabalha num supermercado e nas horas vagas tem como hobby a pintura. Entretanto, dois acontecimentos mudam completamente o rumo de sua existência. Além de perder o emprego, o jovem recebe uma péssima notícia dada pela sua própria mãe: o namorado que ela arrumou não o quer na nova casa.

 A mudança para a casa de sua tia no litoral sul paulista o coloca frente a frente com um passado até então adormecido. Tal isolamento o insere definitivamente nas artes plásticas. Já a solidão, antes vilã, torna-se a peça chave para que o rapaz reencontre seu verdadeiro caminho.

Por Marcia Colla



Postar um comentário

0 Comentários