Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

57 ANOS DA PRESENÇA DA MULHER NA POLÍCIA MILITAR

57 ANOS DA PRESENÇA DA MULHER NA POLÍCIA MILITAR

Na década de 1950 que surgiu a idéia de empregar mulheres em missões policiais no Brasil, com o intuito de sanar lacunas existentes na organização policial. 

Ao observar a inclusão de mulheres no contingente policial em vários países da Europa e nos EUA, constatou-se que a mulher seria mais indicada para atender certas ocorrências no setor de segurança pública, como, por exemplo, a prostituição e a delinquência juvenil. Assim, em 12 de maio de 1955, sob o Decreto 24.548 , institui-se o corpo de Policiamento Especial Feminino e, na mesma data, Hilda Macedo tornou-se a sua primeira comandante. Estava criada, assim, a primeira Polícia Feminina do Brasil, pioneira também na América Latina, sendo-lhe atribuídas as missões que melhor se ajustavam ao trabalho feminino conforme as necessidades sociais da época: a proteção de mulheres e jovens. 

Nestes 57 anos de existência, ampliamos nossas missões e passamos a atuar, além do policiamento ostensivo, em outras atividades como: trânsito, bombeiro, choque, policiamento rodoviário, ambiental, policiamento com apoio de motocicletas ou bicicletas, radiopatrulhamento, policiamento escolar, corregedoria e assessoria policial militar. No dia 1º de fevereiro de 2001, o governador Geraldo Alckmin, criou, no âmbito institucional, o Dia do Policial Militar Feminino. 

São mulheres policiais, mães, trabalhadoras que servem com coragem e bravura à nação, nestes 57 anos de muitas realizações, cada qual escrevendo um trecho dessa trajetória, ciente de que há ainda muito a ser feito, com amor e sem nunca deixar de ser mulher. 

No dia 08 de Março, Sexta - Feira, As Mulheres Policiais do Décimo Quarto BPM/I tiveram um dia repleto de homenagens, com direito a palestras e uma confraternização.

Postar um comentário

0 Comentários