Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Relato sobre o Projeto A Turma do Luan


Relato sobre o Projeto A Turma do Luan

Quando se fala em escola, estamos falando bem mais do que ir aprender português, matemática e as demais matérias. Estamos falando também de ir aprender e compreender a dimensão da vida.

Os  alunos do 1º ano A da EMEI Profº Milcio Bazoli têm o privilégio de estarem desfrutando de um projeto chamado:  A Turma do Luan. Esse projeto surgiu não se sabe onde e a professora Carla Pasquini Abu-Yaghi Nogueira o conheceu e adaptou à realidade dos seus alunos. O mesmo vem sendo desenvolvido na cidade de Pariquera-Açu desde o ano de 2010.

Professora Carla Pasquini Abu-Yaghi Nogueira A idéia do nome do boneco surgiu numa capacitação no Anglo em São Paulo pela ESA, onde o personagem da apostila deles é o Luan. A professora Carla comprou o cd  com a música da turma do Luan e uniu a música com o projeto do boneco. Nessa mesma música existem outros personagens com rimas.  Tem a Maria que gosta de cantoria, o Felipe Silveira que gosta de brincadeira, a  Vitória que gosta de história, Edgar que gosta de desenhar, esses personagens também foram transformados em bonecos e ganharam vida junto ao projeto.

O Boneco Luan é levado para a casa do aluno num final de semana e cada criança tem como responsabilidade, cuidar, proteger e apresentá-lo às suas famílias. Os critérios para o boneco ser levado mudam de ano em ano. Em 2010 e  2011 foi por meio de sorteio, já em 2012 foi por bom comportamento.
Relato sobre o Projeto A Turma do Luan
Com o Felipe Silveira, que gosta de brincadeira, as crianças tinham que fazer  rimas com nomes dos colegas e no final do ano, fizeram uma linda poesia com o nome de todos. A boneca Maria é negra e com ela a professora pôde trabalhar o racismo, preconceito, direitos iguais, respeito, etc.  A criança a levava para casa e tinha que segmentar as palavras de uma música conhecida, porque a Maria gosta de cantoria. O Edgar é um anãozinho e ele gosta de desenhar,  já a boneca Vitória é cega e com ela é trabalhado a inclusão social e o respeito aos deficientes, ela chega no fim do ano quando os alunos já estão alfabetizados e aptos à leitura, fazendo com que cada criança que a leve para casa, tenha a missão de ler um livrinho de histórias.
Nesse ano de 2012 o critério usado para levar o boneco Luan para casa foi por merecimento, onde o aluno era escolhido por meio de votação pelos próprios colegas de classe, fazendo assim com que as crianças se responsabilizassem e tivessem consciência na hora da votação.

Esse projeto têm sido de grande importância para o desenvolvimento dos alunos. Nele, eles recebem estímulo para serem bons alunos, comportados, cumpridores dos seus deveres e se esforçam para se tornarem bons leitores. Com isso, o esforço vem da própria criança em querer ter o seu merecimento junto à classe.

O Boneco Luan mede 1 metro e 20 cm, é cabeçudo e tem os pés enormes. Ele chega a ser maior que a criança (minha filha Ingrid).  Ele é levado para casa para passar o fim de semana com o aluno e a família, onde todos têm a função de cuidar e protegê-lo. Acompanhado ao boneco vai também um diário, onde tudo é relatado através de um texto feito pela criança, com a ajuda dos pais e por fotos tiradas junto à família, expressando como foi o final de semana no seu lar.

Eu como mãe, vivi na pele a expectativa da visita do boneco em minha casa. As crianças ficam transtornadas. Conversando com as outras mães a emoção é igual.

Relato sobre o Projeto A Turma do LuanEsse projeto não teria tanto sucesso se não fosse abraçado com tanto carinho pela direção da EMEI Profº Milcio Bazoli, nos nomes das Diretoras Marli Tiepo (diretora da escola até 2011), Ivete Mainardi (atual diretora), Eliane Benedetti  (coordenadora) e claro, pela professora Carla Pasquini Abu-Yaghi Nogueira, que foi quem o colocou em prática e a mesma compartilhou com várias colegas.

Mas quem realmente merece os nossos parabéns são os alunos que ao longo desses anos puderam participar desse projeto, pois, encararam os desafios lançados com muita força de vontade, tiveram discernimento em relação aos personagens e suas histórias, e ainda por cima deram um show de aprendizado e no final, acabaram por ajudar suas famílias dando exemplos de como ser uma criança evoluída. Pois muitos pais puderam rever seus conceitos através do exemplo dado pelos seus filhos.
Depois de visitar o lar de cada um dos alunos do 1º ano A, o boneco Luan foi morar no Abrigo Municipal de Pariquera-Açu,junto à um ex aluno que foi desabrigado, essa idéia de presentear o menino partiu da professora e foi votado pela classe, tendo 17 votos a favor do boneco ir morar no abrigo e 3 votos contra. Os alunos acharam a idéia maravilhosa!

No dia que a criança completaria 7 anos, a professora Carla e alguns alunos representando a classe, foram fazer a entrega do boneco Luan, o que proporcionou à criança muita alegria.
Esse projeto é realmente merecedor de ser divulgado, um trabalho de excelência que movimentou a escola, os alunos e suas famílias. Um verdadeiro trabalho em conjunto que deu resultados positivos.
Essa é mais uma prova de que usando a forma como as formigas trabalham, dá pra se realizar muitas coisas, basta ter força de vontade e mostrar serviço.
Parabéns a todos!

 Vaninha Sant Anna
Por Vaninha Sant Anna



Postar um comentário

0 Comentários