6 de outubro de 2017

Um Natal mais gordo

,
 
Um Natal mais gordo
                       Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

O tempo passa muito rápido. Por incrível que pareça, semana passada já encontrei panetone nas prateleiras dos supermercados. 

Esse é o sinal de que o comércio está aquecendo os motores para as vendas de Natal – historicamente, o período de maior faturamento do ano, impulsionado pela entrada do 13º salário e pelos presentes em família. 

A essa altura, o empreendedor mais aplicado já fez um planejamento detalhado para as vendas de fim de ano e sabe o que precisa ser feito para atingir sua meta de faturamento. Mas e quem não começou a se planejar, ainda dá tempo? A resposta é sim, mas é preciso correr!




O Natal de 2017 promete ser um pouco mais gordo do que o do ano passado. A economia está dando sinais mais consistentes de retomada e as famílias estão mais confiantes para consumir. Mesmo assim, não é hora de compensar as perdas colocando os preços lá em cima. Isso vai afastar seus clientes e você vai ficar com mercadoria na mão. A estratégia deve ser outra, e o primeiro passo é comprar bem.

Se você atua no comércio, negocie preços e prazos com seus fornecedores e não se guie pela emoção. Tente manter o foco nos produtos que têm mais chance de representar uma margem maior de faturamento. Em paralelo, pense em promoções para escoar os produtos de coleções passadas. É hora de fazer dinheiro gastando pouco.

Para quem trabalha com e-commerce, comunicar bem é fundamental. Marque presença nas redes sociais com promoções e anuncie as novidades. Pacotes e ofertas especiais para o Natal tendem a atrair mais a atenção do consumidor. Uma maneira de anunciar seus produtos sem custo é utilizando o WhatsApp: use seu cadastro de clientes para divulgar seus produtos e serviços. Porém, é importante ter bom senso, por isso nada de encher o celular do consumidor com muitas mensagens ou com informações desnecessárias.

Mas de nada adiantam um bom planejamento e uma boa divulgação se a experiência do cliente for ruim. Por isso eu insisto: um bom atendimento é primordial. Os funcionários em contato com o público precisam estar envolvidos com o negócio e conhecer bem o produto que estão vendendo. Também devem ser atenciosos e se antecipar às necessidades dos clientes. Isso vale inclusive para os funcionários temporários, comuns nessa época do ano. Um cliente satisfeito retorna e indica seu negócio para os amigos. Nas lojas virtuais, há algumas particularidades: deixe um contato bem visível e seja respeitoso na interação com os consumidores. Com essas orientações, estou certo de que as vendas de Natal serão o primeiro passo para um 2018 promissor. Quer saber mais? Procure o Sebrae-SP!

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP






Comentários
0 Comentários
0 comentários to “Um Natal mais gordo”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

in-article

Mobile

addthis

Consorcio na Valenautico

Curso de Manicure e Pedicure

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Clique na imagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]