29 de março de 2017

GAARI completa quatro anos de serviço voluntário a favor dos animais de Iguape

,
GAARI completa quatro anos de serviço voluntário a favor dos animais de Iguape
Luana (esq.) Camila Bertin (em pe), Marli Nishidate com as amigas Juliana e Jana entregando as doacoes ao GAARI

Em quatro anos o GAARI já castrou mais de 800 cães e gatos e conseguiu lares através de adoções que são controladas através de termo de responsabilidade assinadas pelos novos donos.

Flávia Domingues
Iguape

Há quatro anos o Grupo de Apoio aos Animais de Rua de Iguape – GAARI – iniciou um trabalho inédito na cidade. 

O de ajudar e defender animais mal tratados, doentes, negligenciados e abandonados por seus supostos donos.   Tudo começou com a indignação de duas amigas que viam todos os anos cães fêmeas da vizinhança, terem crias e mais crias, sem ninguém se importar com a sorte dos cachorrinhos e da própria mãezinha canina, que ficava enfraquecida e doente de tanto procriar sem nenhum controle ou preocupação de seus responsáveis. 






  

“Foi quando tivemos a ideia de castrar a cachorra por conta própria. Conversamos com um veterinário amigo nosso, que não cobrou da primeira vez a castração da cachorrinha. 

Conseguimos duas castrações iniciais gratuitas, e isso nos deixou muito felizes e aliviadas pelas nossas amiguinhas de quatro patas, que deixaram de ser uma máquina de fazer cachorrinhos que acabam ou morrendo ou abandonados pelas ruas de Iguape”, contou a esteticista Camila Bertin, fundadora do GAARI junto com a amiga farmacêutica, Gianely Brunelli. Nesses quatro anos de existência, em um trabalho de formiguinha e pouco divulgado, o GAARI já castrou cerca de 830 animais, entre cães e gatos.    
  
Depois dessas castrações outras histórias tristes de animais doentes e abandonados começaram a aparecer, e como um imã outros protetores e cuidadores individuais começaram a se agregara ao GAARI, se formando uma rede de colaboradores e voluntários, que cresceu e hoje fazem um trabalho coordenado de ajuda aos cães e gatos em abandono de Iguape.

“Sempre com muita dificuldade financeira, que perdura até hoje, o GAARI tem como carro chefe a castração, combatendo a cultura popular “de que a cachorra ou a gata deve ter a primeira cria”, que no final leva ao abandono e aos maus tatos dos animais:” Não adianta ter dó. Tem que castrar para não procriar e não ter outros animais sofrendo pela rua. Isso de deixar ter cria é cultural, do tempo de nosso avós,  que não cabe mais nos dias de hoje.  

Atualmente existem muitos cães e gatos, principalmente, abandonados, não só em Iguape, mas em todas as cidades do pais,  vagando pelas ruas doentes, com fome, dor e medo, devido a esse tipo de mentalidade. Temos que ser mais conscientes e castrar nosso animais para diminuir os maus tratos”, ressalta Camila.   

Enfrentando dificuldades e salvando vidas

Depois que a ideia cresceu e agregou uma rede de voluntários, vieram os problemas. Mas ai não tinha mais como sair, estavam todos envolvidos emocionalmente e afetivamente com a causa. Hoje o GAARI está legalizado como Organização não Governamental (ONG), conta com alguns voluntários cativos como o casal Marli e Nelson Nishidate, Elisandra Santana, Sueli, Paula Amêndola, entre tantos outros amigos e amigas que se doam a causa. Não esquecendo o apoio e parceria dos médicos veterinários, Ana Vasconcelos, Adilson Amêndola e Helouise Kaminari, que mesmo sendo pagos pelos serviços, não deixam de atender e apoiar o trabalho do GAARI.

Outra estratégia que o GAARI adota como forma de ajudar filhotes em abandono ou doentes e até mesmo animais adultos é o “Lar Temporário”. A pessoa que se predispões e tem espaço em sua casa, acolhe o animal atendido pelo GAARI até que seja encaixado em um lar definitivo através das feirinhas que tem sido feitas semanalmente nos fins de semana nas proximidades da Praça da Basílica em Iguape e Bairro do Rocio.   
      
Recebendo doações das estudantes de biologia

Porém, mesmo com toda essa parceria para fazer castrações, dar cuidados e acolhimento aos doentes, comprar ração, material de limpeza entre outras necessidades, é necessário recursos.

A forma de conseguir levantar fundos para continuar com o trabalho é através de bingos, rifas, apadrinhamentos e doações espontâneas que podem ser depositadas no Banco do Brasil Agencia 6563-3 Conta Corrente 13.521-6 no CNPJ 23.304.696/0001 – 45, em nome do GAARI. Qualquer valor de doação sempre será bem vindo e com certeza, bem usado.

Quem tomou iniciativa para ajudar o GAARI de forma criativa que pode servir de inspiração a outros cursos, foi a aluna do curso de Biologia das Faculdades Integradas - Unisep, Luana de Carvalho de Iguape, que em parceria com as amigas Juliana Tomás e Jana Pacca, fizeram campanha junto aos colegas de curso e calouros para arrecadar material de limpeza.

Luana que trabalha na administração de um supermercado em Iguape e gosta muito de animais, já fez outra campanha similar para a ONG Amicão, que atua no município de Ilha Comprida.  


“Gosto muito dos animais e fico muito sensibilizada com a situação dos cães e gatos de Iguape. Este ano resolvi ajudar o GAARI. Percebo que muitas pessoas não sabem ou são alheias ao problema do abandono e da procriação sem controle. É uma questão de consciência. 

A sociedade deve saber que os animais têm sentimentos, sentem dor, fome e frio como qualquer ser humano. Sabendo disso é uma obrigação mudar a forma de lidar com eles. Exercer a posse responsável é um ato de amor para com os animais e a humanidade!“, ressaltou a estudante de biologia.  
    


                


Comentários
0 Comentários
0 comentários to “GAARI completa quatro anos de serviço voluntário a favor dos animais de Iguape ”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Mobile

addthis

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Empregos no Japão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]