26 de fevereiro de 2017

Poucas possibilidades, muita barganha: o novo nome para o Ministério das Relações Exteriores

,
Poucas possibilidades, muita barganha: o novo nome para o  Ministério das Relações Exteriores

O pedido de demissão de José Serra (PSDB) do Ministério das Relações Exteriores, por motivos de saúde, abre espaço para especulações acerca do novo nome que irá comandar a política externa brasileira até o fim do mandato de Michel Temer (PMDB), em dezembro de 2018.

Nomes como os dos senadores tucanos Aloysio Nunes (que já declinou do possível convite) e José Aníbal começam a ser ventilados como supostos ocupantes do cargo em aberto. 









A barganha política em torno de quem irá preencher uma das principais pastas do governo federal chama mais a atenção do que o cargo a ser ocupado em si. Duas explicações para isso:


A primeira diz respeito a uma novidade desde a redemocratização: o balcão de negócios para indicar ministros chegou ao Itamaraty. Significa dizer que o nome do novo chanceler deve estar mais ligado à troca partidária de favores do que aos atributos para ocupar o cargo. 

Nas administrações do PSDB e do PT a chancelaria foi conduzida por profissionais de carreira ou por nomes de peso, com vasta experiência internacional (Celso Lafer, Lampreia, Celso Amorim, Antônio Patriota). A segunda explicação, ideia que vou procurar defender adiante, tem pouco a ver com ambiente doméstico.

No cenário internacional, cujo nível de incerteza é bastante alto, o nome que ocupará o Itamaraty passa a ser secundário, dados os constrangimentos externos atuais. 

Se na primeira década do século XXI a ascensão econômica dos países em desenvolvimento, somada ao 11 de setembro e à crise financeira de 2008, abria perspectivas para novos arranjos diplomáticos e negociações políticas - BRICS (2009), IBAS (2003), UNASUL (2008), G-20 (primeira cúpula em 2008), acordo para reforma das cotas do FMI (2008) -, a segunda década tem apontado para o caminho de retração na projeção externa dos países em desenvolvimento. Cenário inquietante:

Diminuição nas taxas de crescimento econômico dos países chamados BRICS (como é o caso do Brasil), recuperação da economia norte-americana pós-crise financeira (o que levou a necessidade de revisar as “teses declinistas” acerca do poderio da superpotência) e incertezas quanto às questões de segurança global. Basta olhar para a guerra civil na Síria e o imbróglio entre Rússia e Estados Unidos.

A dificuldade de projetar os próximos meses no ambiente externo ganhou novo ingrediente: a vitória de Donald Trump. A sua forma nada usual (ou tuiteira) de lidar com problemas complexos de política externa fazem parte do pacote de instabilidade do sistema internacional. Exemplos: a flexibilização da posição histórica dos Estados Unidos em relação à criação de um Estado palestino independente, o decreto que impe a entrada de refugiados e imigrantes de sete países, a briga pela criação de um muro na fronteira com o México e o descaso com questões ligadas ao aquecimento global.

O rearranjo das políticas das grandes potências, a real politik, fornece pouca margem de manobra para posições mais soft power. Num cenário em que prevalece a incerteza quanto ao futuro da ordem global, a tendência é que os Estados calculem suas ações baseadas no jogo de soma zero: ganhos absolutos em detrimento de ganhos relativos.


Renato Xavier é pesquisador do Programa de Pós-graduação San Tiago Dantas (Unesp, Unicamp e PUC-SP) em Relações Internacionais (RI) e integra o NEAI - Núcleo de Estudos e Análises Internacionais.
Comentários
0 Comentários
0 comentários to “Poucas possibilidades, muita barganha: o novo nome para o Ministério das Relações Exteriores”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

in-article

Mobile

addthis

Curso de Manicure e Pedicure

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Clique na imagem

Empregos no Japão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]