15 de dezembro de 2016

O Brasil tem jeito

,
O Brasil tem jeito


Que 2016 foi um ano difícil, isso ninguém discute. Mas afirmar que foi perdido já não concordo. Como posso dizer que foi arruinado um ano em que a confiança voltou a fazer parte do dia a dia dos brasileiros e os pequenos negócios paulistas, mesmo com queda acumulada de receita, conseguiram girar cerca de R$ 500 bilhões, mantendo 7,3 milhões de pessoas ocupadas? Com todos os problemas, não foi também perdido um ano em que 51% das lojas online tiveram lucro ou uma promoção do comércio movimentou cerca de R$ 2 bilhões num único final de semana.









Saindo do campo das estatísticas e passando para a observação dos acontecimentos cotidianos, nem sempre retratados com destaque, temos razões para não ceder ao pessimismo total ao conhecer os projetos apresentados por alunos de ensino profissionalizante durante a Olimpíada do Conhecimento deste ano. Esse é o nosso sentimento ao vermos a casa container, o carro não poluente e compartilhável – nos moldes do sistema de bicicletas de aluguel -, o aplicativo que permite o reaproveitamento de resíduos eletrônicos. Ou o ânimo dos formandos do ensino médio da Escola de Negócios Sebrae-SP que ganharam mais que um diploma: receberam um diploma para empreender com qualidade e competitividade. Desta turma saiu uma empresa virtual de comércio de eletrônicos, o aplicativo SOS Fácil, direcionado para segurança e saúda da terceira idade, projeto vencedor do desafio de uma gigante da internet e do aplicativo para mobile Mariazinha, para denúncia de violência doméstica. Ideias premiadas, inovadoras, provedoras de soluções para a sociedade e prontas para conquistar o mercado.

A realidade brasileira contém tudo isso, e certamente outras boas histórias, num ano em que também convivemos com um dos maiores níveis de desemprego das últimas décadas, com uma taxa de juros que impede o crescimento e a competitividade de nossos produtos e serviços e uma inflação resistentemente alta. Sem dúvida, ainda estamos em crise.
Tal cenário, à primeira vista paradoxal, multiplica nossa responsabilidade e nos anima a continuar lutando pelo fortalecimento do setor produtivo e do livre empreender. E não há alternativa saudável que não passe pelas reformas estruturantes.  Primeiro limitando o crescimento de gastos do governo, depois reestruturando a previdência e, em seguida, dando fôlego para mudanças que flexibilizem a lei trabalhista - de 1943 - permitindo que os acordos entre trabalhadores e empregadores se sobreponham às amarras da legislação.










As conquistas importantes demonstram que a postura firme na defesa do setor produtivo é fundamental e, por isso, continuará fazendo parte de nosso dia a dia. Avançamos bastante, mostrando que o Brasil tem jeito, mas ainda há muito por fazer para transformar nosso país numa economia realmente sustentável e numa nação desenvolvida. 

Paulo Skaf Presidente SEBRAE-SP


Paulo Skaf
Presidente

SEBRAE-SP
Comentários
0 Comentários
0 comentários to “O Brasil tem jeito”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

in-article

Mobile

addthis

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Clique na imagem

Empregos no Japão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]