14 de dezembro de 2016

Frida Kahlo – Calor e Frio, e a Intervenção Urbana Histórias Invisíveis nas Ruas, da Estelar de Teatro, 17 e 18/12 em Registro-SP

,



Frida Kahlo – Calor e Frio, e a Intervenção Urbana Histórias Invisíveis nas Ruas, da Estelar de Teatro, 17 e 18/12 em Registro-SP


Frida Kahlo – Calor e Frio, e a Intervenção Urbana Histórias Invisíveis nas Ruas, da Estelar de Teatro, vêm para Registro dias 17-12 e 18-12 pelo Proac, da Secretaria de Estado da Cultura, com apoio do SESC.
A peça Frida Kahlo- Calor e Frio já esteve no México, Alemanha, Chile e Itália e agora vem pro CEU das Artes, no  Jardim Marek, gratuitamente.

A Estelar de Teatro vai propor um diálogo com a cidade de Registro-SP, dias 17 e 18 de dezembro, através de encontros artísticos-pedagógicos, intervenção urbana “Histórias Invisíveis nas Ruas”, reunindo atores e músicos da companhia e cidadãs interessadas e , especialmente, através da peça Frida Kahlo- Calor e Frio. 










Todas as ações serão gratuitas. O espetáculo tem uma rica trajetória nacional e internacional: esteve na própria casa que foi da pintora mexicana, no Museu Casa Frida Kahlo, na Cidade do México; esteve ainda em Berlim; participou de festivais na Itália ( foi a primeira peça brasileira autoral a participar do FLIPT, Festival Laboratório Intercultural de Práticas Teatrais, ligado ao ISTA de Eugenio Barba) e também no Chile. Além de ter cumprido várias temporadas de sucesso em São Paulo.

Frida Kahlo- calor e Frio é uma cartografia antropofágica unindo o México de Diego Rivera e Frida Kahlo ao Matriarcado de Pindorama de Oswald de Andrade, apresentando questões sobre a identidade latino americana e a valorização de um imaginário feminino e mestiço. 

É ainda uma evocação de artistas fundamentais na construção do pensamento artístico do século XX - Eisenstein, Artaud, Maiakovski, Tina Modotti que se reuniram no México no inicio do século XX, uma história pouco conhecida da maioria dos brasileiros- para uma celebração cênica. 

A obra de Frida e suas reconfigurações de si mesmo através das criações artísticas e as relações com os grandes mitos do feminino, a morte e o renascimento - tão presentes na cultura ameríndia - são temas fundamentais do espetáculo.

Além da apresentação da peça, a companhia convida mulheres interessadas a  participar, diretamente, junto com os artistas, de uma intervenção urbana nos arredores do Centro da Juventude Gabi Bertelli, “Histórias Invisíveis nas Ruas”, que pretende promover a voz feminina nas ruas da cidade. A intervenção  urbana será resultado final de uma oficina que a Estelar de Teatro vai ministrar no Centro das 13h30 às 17h30, voltada exclusivamente para mulheres com ou sem experiência teatral. 

Através de procedimentos de teatro, dança e música, o grupo vai compartilhar um pouco de sua pesquisa de linguagem. E estimular as mulheres a contarem suas próprias histórias, que serão trabalhadas e levadas às ruas. 

O objetivo é estimular o empoderamento feminino, um dos focos da Estelar de Teatro há mais de 10 anos e estimular que pessoas que não são necessariamente artistas se experimentem criativamente, bem como promover um diálogo com a cidade de Registro e seus habitantes.

Serviço – Todas as ações acontecem gratuitamente
17-12 - Oficina Histórias Invisíveis das 13h30 às 17h30
17-12 - Intervenção urbana 18h
18-12- Frida Kahlo- Calor e Frio no SESC Registro, às 18h

Frida Kahlo- calor e frio  - sinopse
A história de Frida Kahlo recriada a partir de suas obras. Através de um teatro que dialoga com as artes performativas, a música, a dança, a poesia, as artes visuais e a festa, a peça evoca o universo da pintora a partir de seu amor, liberdade, humor e potência de vida, bem como da natureza visionária do casal Diego-Frida, sonhando uma América poderosa, inspirada pela arte pré-colombiana e em apaixonado devir.

Ficha técnica
Frida Kahlo- Calor e Frio 
Texto : Viviane Dias 
Direção : Ismar Rachmann 
Direção Musical: Maurício Maas. 
Com: Estelar de Teatro: Anderson Negreiro, Lucia Soledad Spívak, Ismar Rachmann, Viviane Dias, Gabriel Moreira (músico), Rodrigo Kohle (músico).
Músico convidado: Alan Gonçalves.
Figurinos: Sandra Lessa, Marcelo Denny e Hugo Cabral.
Iluminação: Carolina Pinzan
Operação de luz: Igor Bueno
Cenário: Estelar de Teatro
Outras informações sobre a peça

Desde a concepção do texto, uma obra aberta - que pressupõe a participação ativa da poética do público na fruição da peça - em que os elementos dramáticos misturam-se aos narrativos e líricos, à presença da dança, da música e das artes visuais e da festa na escrita de cena, buscamos um trabalho que, sem abrir mão de uma comunicação empática e direta com o público, dialogue com questões contemporâneas, tanto na forma como no conteúdo. 

A música ao vivo e a encenação, que coloca o público como que dentro de um cabaré, vem favorecendo uma excelente comunicação com a plateia de várias cidades brasileiras e estrangeiras, que espontaneamente escreveu vários depoimentos sobre a peça e sua repercussão na página da Estelar de Teatro, em rede. (https://www.facebook.com/estelardeteatro?fref=ts)

Frida Kahlo-calor e frio foi gestado durante dois anos, por nove artistas.  Uma vez pronta e em circulação, a peça acumulou uma série de reconhecimentos ao longo de sua trajetória (além dos já citados): ganhou o PROAC 2016, um Prêmio de Difusão e Circulação da USP e o Iberescena; foi convidado para ser apresentado em colóquio de artistas e pesquisadores teatrais em Berlim, no exigente centro de Estudos Teatrais de Jurij Alschitz (o AKT Zent); se apresentou em universidades (ESAY) e teatros mexicanos (Tapanco) e foi realizada até no Museu Frida Kahlo, na Cidade do México, a convite da UNAM. 

Foi selecionado ainda pelo Santiago OFF e se apresentou no Chile, circulou pelo Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba; circulou pelo Circuito TUSP de Teatro, no interior de São Paulo; se apresentou no TUSP de São Paulo (2015), no Museu da Diversidade e Metrô República juntamente com intervenção urbana no Largo do Arouche. Em São Paulo, manteve temporadas lotadas, graças ao boca a boca em teatros de um circuito não comercial como o Viga, o Heleny Guariba e o Casarão do SESC Ipiranga. Agora pretendemos,, através deste projeto, contemplado pelo PROAC Editais, levar o trabalho a novos públicos.

Informamos ainda que todo o processo de pesquisa da peça e circulações internacionais geraram uma dissertação de mestrado na ECA-USP e um livro Frida Kahlo- Calor e Frio: um caminho para a palavra performativa, Ed. Giostri, 2016, que estará à venda na cidade (R$ 40,00).

Histórico da companhia resumido

A Estelar de Teatro é uma companhia que existe desde 2006 e acumula prêmios e reconhecimentos dentro e fora do país.

Além de trabalho continuado em pesquisa e criação teatral, a companhia realizou uma série de residências artísticas internacionais em teatros como o Potlach ( braço do Odin) e  o próprio Odin  Teatret , bem como apresentações de seu trabalho no Brasil e exterior. Destacam-se ainda na trajetória da Estelar influência do trabalho com o diretor e pedagogo russo Jurij Alschitz.

Peças encenadas:

Caim, de Viviane Dias, direção Ismar Rachmann, estreia no SESC Consolação; apresentações em várias cidades e no Espaço Redimunho de Teatro.
Mestres do Jogo, de Viviane Dias, direção Ismar Rachmann, estreia no SESC Consolação, e no teatro Comunne.
Alice, de Viviane Dias, direção Ismar Rachmann, em cartaz no SESC Consolação, nos Satyros e teatro Julia Bergamn.

Work in progress com abertura ao público:
-Frida Kahlo – calor e frio nas Satyrianas 2013;
-Frida Kahlo – calor e frio – segunda abertura de processo no Centro Cultural Rio Verde, em abril de 2013, reunindo 200 pessoas.
-Frida Kahlo- calor e frio – primeira abertura no teatro da Oficina Cultural Oswald de Andrade, em janeiro de 2013. Em 2014, Frida Kahlo- calor e frio se apresentou em Berlim e no México. Em 2015, no Chile (Santiago OFF) e na Itália (Festival Laboratório de Praticas Interculturais), ligado ao ISTA, de Eugenio Barba.

Destacamos ainda que a atividade pedagógica faz parte de nossa investigação ( muitos dos membros da Estelar de Teatro tem mestrado na área de pedagogia teatral ou mestrados correlatos).

Assim, a Estelar já realizou oficinas sobre sua investigação de linguagem em várias cidades do Estado de São Paulo e em países da Europa e América em que busca compartilhar também os frutos digeridos de uma serie de contatos com encenadores contemporâneos. Ministramos oficinas e cursos nas áreas de trabalho de ator, treinamento, pesquisa de linguagem contemporânea, narratividades a partir de histórias de vida , dramaturgia e direção e os pontos de mudança energéticos de um trabalho.

Contatos: Viviane Dias 11 998519094 e Ismar Rachmann 11 965473179


Comentários
0 Comentários
0 comentários to “Frida Kahlo – Calor e Frio, e a Intervenção Urbana Histórias Invisíveis nas Ruas, da Estelar de Teatro, 17 e 18/12 em Registro-SP”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Google+

Site Registro-SP

Site Registro-SP
Cotação da Banana
Cotação da Banana
20 a 27 de março

WhatsApp do Site

WhatsApp do Site
Autor
Facebook
Recomende-nos no Google

APP Notícias do Site

APP Notícias do Site

TV Ilha Comprida

TV Ilha Comprida
DMCA

Eventos Acer (RBBC)

Eventos Acer (RBBC)

Quadrinhos Registro da Colônia Japonesa

Quadrinhos Registro da Colônia Japonesa

Receitas do Vale

Receitas do Vale

pagead

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]