17 de novembro de 2016

Ilha Comprida celebra : Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira

,
Ilha Comprida celebra : Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira


Com filmes, música e exposição, a Cultura da Ilha Comprida celebra , entre os dias 21 e 23/11, a Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira

Ilha Comprida – A Divisão Municipal de Cultura da Ilha programou uma série de atividades culturais – entre os dias 21 e 23 de novembro no Espaço Cultural Plínio Marcos – para celebrar a Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira. 
Com programação gratuitas e aberta ao público,  a Semana traz para a Ilha artistas e músicos ativistas da comunidade negra em diversas manifestações culturais. Parte da programação tem parceria com a Secretaria de Estado da Cultura.







Ilha Comprida celebra : Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira “A cultura é uma das principais ferramentas para promover a diversidade, aceitar as diferenças e combater qualquer tipo de preconceito. Mostrar essas culturas para a população ajuda a quebrar preconceitos presentes em nossa sociedade, e diminuir, ou eliminar, a intolerância”, afirma o secretário de Estado da Cultura, José Roberto Sadek. 
A diretora da Divisão de Cultura da Ilha, Mônica Trigo, também destaca a importância de se celebrar a cultura africana por intermédio da arte e mostrar sua forte influência no cotidiano brasileiro.
A Semana começa segunda 21/11  com “ 4 Black`s Films For All Colours People” - quatro curtas-metragens dirigidos por Ari Candido Fernandes. Cineasta e fotógrafo,  Fernandes é reconhecido ativista da comunidade negra, que coordenou o Projeto Zumbi.  

A programação traz seu primeiro curta-metragem, Martinho da Vila Paris (1977), cujo enredo capta a passagem do sambista carioca por Paris.  

Outros destaques são: O rito de Ismael Ivo (2003), que apresenta um retrato biográfico de Ismael Ivo bailarino negro, O moleque (2005), ficção baseada num conto do escritor Lima Barreto e Jardim Beleléu com José Wilker. 

Na terça 23/11, às 18 horas, haverá apresentação Musical de “Bandolim e violão com Ronaldo Nunes“ . Músico bandolinista, Ronaldo vem dedicando-se ao estudo do bandolim de 10 cordas. Estudou bandolim com Jorge Cardoso, Henrique Araújo, Rafael Ferrari, Daniel Migliavacca e Jane do Bandolim e, atualmente, participa de projetos voltados para divulgação e estudo do choro.

Também no Espaço Cultural, será realizada entre os dias 21 e 30 de novembro, das 9 às 17 horas, a exposição “África em nós”, com Curadoria de Walter Firmo.  Realizada  em parceria com a secretaria Estadual de Cultura, a  mostra oferece 10 imagens vencedoras da campanha fotográfica, promovida pela Secretaria de Estado da Cultura, que retratam a influência africana no cotidiano brasileiro. A coordenação da campanha recebeu mais de sete mil fotografias. 

A exposição está dividida em oito categorias: Cotidiano, Festas Populares, Gastronomia, Contrastes, Paisagem, Religiosidade e Retratos. As imagens retratam as influências africanas no Brasil em contextos diferentes, como a variedade das cores nas manifestações religiosas e culturais, a pluralidade das etnias e o encontro da arte como registro da identidade brasileira.

Nos dias 22 e 23/11, haverá sessão de Cinema com a exibição do filme  Candomblé – de Heitor Werneck, em sessões às 9h30 e às 15h30.  O filme retrata a cultura, a memória, a história e resistência negra através do candomblé. Esses foram os temas escolhidos pela Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias, da Secretaria de Estado da Cultura, através da Abaçaí Cultura e Arte, para serem retratados no documentário que discorre sobre a intolerância, o preconceito, a discriminação, mas acima de tudo, o respeito às diferenças.
No encerramento da Semana , na quarta 23/11, às 19 horas, haverá apresentação do grupo Bate Lata , formado por aprendizes do grupo do Ilha Jovem.  Formada por adolescentes, a banda reaproveita materiais como tambores, latas e outros matérias para gerar sonoridade e musicalidade.

Serviço –

Semana da Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira
Loca- Espaço Cultural Plínio Marcos - Av São Paulo, 1000, Balneário Adriana . Tel ( 13) 38422124.

Dias 21; 22 e 23/11 - Filme “ 4 Black`s Films For All Colours People” - de Ari Candido Fernandes Sessões -  9h e às 15h
De 21 a 30/11- Das 9 às 17 horas - Exposição “África em nós”, com Curadoria de Walter Firmo
Dias 22 e 23/11 - Cinema com a exibição do filme  Candomblé – de Heitor Werneck, em - Sessões às 9h30 e às 15h30. 

Dia 23/11  - 18 h - Apresentação Musical de “Bandolim e violão com Ronaldo Nunes“  e , às 19 h,  Apresentação do grupo Bate Lata , formado por aprendizes do grupo do Ilha Jovem
Comentários
0 Comentários
0 comentários to “Ilha Comprida celebra : Contribuição da Cultura Negra na Identidade Brasileira”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

in-article

Mobile

addthis

Consorcio na Valenautico

Curso de Manicure e Pedicure

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Clique na imagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]