27 de outubro de 2016

Mortalidade infantil cai 42% no Vale do Ribeira

,
Mortalidade infantil cai 42% no Vale do Ribeira

 A mortalidade infantil no Vale do Ribeira caiu 42,9% nos últimos 15 anos. É o que aponta o mais recente balanço realizado pela Secretaria de Estado da Saúde em parceria com a Fundação Seade.
         Em 2015, a taxa foi de 11,3 óbitos de menores de um ano por mil nascidos vivos. Em 2000, era superior a 19. O comparativo ano a ano mostra uma queda gradual, sendo que, em 2014, a taxa foi de 16,5. 
No ano passado, a região teve 4.168 nascidos vivos e 47 óbitos infantis.
A mortalidade infantil é o principal indicador da saúde pública segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).
            O aprimoramento da assistência ao parto e à gestante, o incentivo ao aleitamento materno, a ampliação do acesso ao pré-natal, a expansão do saneamento básico e a vacinação em massa de crianças pelo SUS (Sistema Único de Saúde) são os principais motivos para a queda na taxa de mortalidade infantil no Estado.
“As reduções na taxa de mortalidade que constatamos no Estado e no Vale do Ribeira são resultado do esforço conjunto pelo poder público. Continuaremos trabalhando para que esses indicadores continuem caindo, por meio do fortalecimento de políticas públicas de saúde que contribuam para a diminuição gradual dos índices de mortalidade infantil”, afirma David Uip, secretário de Estado da Saúde.

Panorama estadual
O Estado de São Paulo alcançou a menor taxa de mortalidade infantil da história. Nos últimos 25 anos, a queda na taxa de SP foi de 65,7%. A proporção era de 31,2 mortes a cada mil nascidos vivos, em 1990. 
No ano passado, o índice foi de 10,7; em 2000, era de 17 crianças em cada mil, evidenciando redução de 37,1% nos últimos quinze anos. 
Os números absolutos mostram que houve queda tanto no número de nascidos vivos quanto na mortalidade, comparando-se os dados atuais aos de quinze anos atrás. Em 2000, 699.374 crianças nasceram vivas e foram registrados 11.869 óbitos infantis, contra 632.407 nascidos vivos e 6.743 mortes, no ano passado. A diminuição é ainda maior tomando-se como referência as estatísticas vitais de 1990, quando houve 653.576 nascidos vivos e 20.384 óbitos de menores de um ano.
O Estado de São Paulo tem conseguido reduzir as mortes infantis ano a ano. Em 2014, a taxa havia sido de 11,4 óbitos por mil crianças nascidas vivas. A taxa registrada em São Paulo coloca o Estado entre as áreas de menor risco de morte infantil do Brasil.

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo
Assessoria de Imprensa
Comentários
0 Comentários
0 comentários to “Mortalidade infantil cai 42% no Vale do Ribeira”

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

in-article

Mobile

addthis

Contato (13) 3821-6148

Manutenção de celulares - Técnico de Informática

20 Mega de Internet

20 Mega de Internet na Infovale

Clique na imagem

Empregos no Japão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]